Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Método de lavagem supercrítico possibilita uma lavagem sustentável sem água ou sabão 

Lavar roupas é uma das tarefas que mais gasta água no ambiente doméstico. Para facilitar a vida de todos, o húngaro Daniel Nagy criou um conceito de máquina que pode nos ajudar na árdua tarefa de economizar água.

Vencedor do Prêmio Red Dot Design de 2014, Nagy desenhou uma máquina que tem um objetivo ambicioso: lavar roupas de uma maneira sustentável, sem o uso de água ou sabão.

A ideia é lançar mão do método de lavagem supercrítica, muito usado, por exemplo, na fabricação do café descafeinado. Supercrítico é um novo estado da matéria – ao aumentar a pressão e temperatura de uma matéria, seu estado físico passa a apresentar propriedades líquidas e gasosas. Neste caso, a máquina usa o dióxido de carbono (CO2), que chega ao estado supercrítico numa temperatura de 30°C e, por isso, não causa danos às roupas.

Segundo Nagy, com essa tecnologia, manchas de líquidos, sujeira e odores indesejáveis poderão ser removidos da roupa com um método anti-bacteriano que não faz mal ao meio ambiente ou à saúde.


 

Veja também: