Embrapa desenvolve novo cultivar de arroz japonês

eCycle

A nova variedade tem baixo teor de amilose, polímero de glicose relacionado à textura do arroz

Ohashi e arroz

A Embrapa lançou a BRS 358, uma cultivar de arroz com grãos mais curtos e que se tornam mais pegajosos após o cozimento, muito usados na culinária japonesa. A nova variedade tem baixo teor de amilose, polímero de glicose relacionado à textura do arroz.

A nova planta resulta de mais de 10 anos de trabalho da Embrapa Clima Temperado, do Rio Grande do Sul, da Embrapa Arroz e Feijão, de Goiás, e de outros centros de pesquisa envolvidos no programa de melhoramento de arroz, segundo informações da Agência Embrapa de Notícias.

“A vantagem da BRS 358 é que ela tem os mesmos padrões de qualidade de grãos do material japônico tradicional, mas com uma planta agronomicamente moderna”, explicou o pesquisador Ariano Magalhães, um dos responsáveis pelo desenvolvimento do novo cultivar.

Mais resistente ao acamamento – a tendência de queda da planta, comum nessa cultura –, as folhas se mantêm eretas, o que amplia a sua capacidade de realizar fotossíntese. Isso favorece uma maior produtividade, que atinge em média 8,6 mil quilos por hectare.

As pesquisas foram realizadas em diferentes estados brasileiros. A cultivar foi selecionada entre 2002 e 2004 de uma linhagem do Egito introduzida em 1999 pela Embrapa Arroz e Feijão.

De acordo com os pesquisadores, existem cinco cultivares voltadas à culinária japonesa no Brasil. Antigas e pouco adaptadas às condições nacionais, elas geram plantas com porte mais alto e que estão mais sujeitas ao acamamento.



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail