Empresa japonesa desenvolve cadeira de rodas elétrica

eCycle

Iniciante no mercado, companhia já levantou aproximadamente R$ 2 milhões para levar adiante o projeto

A acessibilidade aos deficientes é uma questão muito importante para uma sociedade que tem como objetivo integrar todas as pessoas de maneira igualitária. Certos deficientes físicos necessitam de cadeiras de rodas para se locomoverem, e muitas delas não atendem às necessidades mínimas.

Uma empresa tenta alterar o conceito de mobilidade em relação aos deficientes. É a japonesa Whill, que desenvolveu uma cadeira de rodas elétrica chamada Whill Type-A. A equipe da companhia já criou alguns protótipos e está em processo de produção de mais 50 cópias, isso porque obteve recursos de investidores individuais e de empresas.

A cadeira possui um alcance de 20 km com uma única carga e pode ser carregada totalmente em menos de duas horas. Seu problema é o peso - uma única Whill Type-A tem 35 kg.

Ao contrário das cadeiras de rodas convencionais, em que os usuários são forçados a sentar-se em uma postura inativa, a Whill Type-A permite inclinação. Ela pode ser conduzida por uma única mão a partir de uma barra posicionada na parte frontal da cadeira. Funciona bem em diferentes tipos de superfície e, ao mesmo tempo, permite pequenos giros, suficientes para a pessoa se locomover para os lados. As rodas são grandes o suficiente para que a cadeira não fique presa em uma fenda.

Existe também um conceito Whill, que consiste em acoplar apenas a parte mais tecnológica do objeto (que se parece um pouco com um gigante conjunto de fones de ouvido - veja imagem no início da matéria) a uma cadeira de rodas convencional, transformando-a em um modelo elétrico (veja mais no vídeo abaixo).

Segundo um dos investidores, há uma grande demanda por um produto desse tipo no mercado porque, com as condições ruins das cadeiras convencionais e a falta de acessibilidade em muitos locais, o modelo se torna a melhor solução até o momento.

O protótipo da cadeira foi revelado em 2011 por meio de um site de crowdfunding japonês chamado Campfire. E, posteriormente, ele foi escolhido por 500 empresas iniciantes para o seu programa de incubação. Esse processo fez com que o objeto tivesse um investimento e tanto. A cadeira de rodas elétrica deve ser lançada nos Estados Unidos no início do ano de 2014.

Confira o vídeo abaixo, para entender melhor o funcionamento do produto:

Para saber mais sobre o produto, acesse o site oficial.

Veja também:
-Cadeiras de rodas são feitas com material reaproveitado
-
Veículos elétricos vencem desconfiança e já são realidade


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail