Empresa estuda lançar carro elétrico que pode rodar mais de 600 km sem recarregar a bateria

eCycle

Carro elétrico da Tesla Motors combinaria o uso de bateria de lítio-íon e da bateria de metal-ar

Uma das questões que mais atrapalha a implantação de veículos elétricos em mercados de países como o Brasil é a pouca quantidade de postos de recarga que eventualmente estariam à disposição dos donos destes veículos. Outra dificuldade igualmente relevante é o preço.

Se na Europa é mais comum avistar um carro elétrico pelas ruas, por aqui apenas alguns táxis rodam as ruas de São Paulo, dividindo espaço na “frota verde” com os híbridos (veja mais). Mas os obstáculos movem cientistas a buscarem alternativas que possam viabilizar ainda mais os chamados EVs (eletric vehicles), alongando as distâncias que estes podem percorrer sem necessitarem de recarga.

Foi com esse pensamento que a Tesla Motors patenteou uma bateria que (supostamente) pode manter um carro funcionando por 643 quilômetros.  Além disso, a empresa está finalizando a fabricação de três carros que se guiam sozinhos e, recentemente, desenvolveu o Tesla S EV, em que é possível trocar a bateria descarregada por uma nova em apenas 90 segundos (basta ir a um posto de recarga da Tesla e desembolsar de US$ 60 a US$ 80 em uma nova bateria). Confira o vídeo abaixo e veja a comparação entre o reabastecimento do modelo S EV e o reabastecimento de um carro movido a combustível comum:

Como funciona a nova bateria:

A bateria combina uma bateria de íon-lítio e uma bateria de metal-ar, geralmente puxando energia da bateria de íons de lítio (que é a composição da maioria das baterias eletrônicas). Já as baterias de metal-ar usam o oxigênio como um eletrodo. Como resultado, elas são mais fáceis de carregar, mas têm uma vida útil mais curta quando recarregada repetidamente. 

Dessa forma, o motorista deverá escolher (ou alternar) o que usar. O mais aconselhável é usar a bateria de metal-ar em casos de maior necessidade.

Fonte: www.dvice.com

Veja também:
-Carro elétrico pode ser carregado em 8 horas e rodar até 160 quilômetros
-Projeto de recarga para carros elétricos passa por fase de testes em São Paulo
-
Veículos elétricos poluem menos até quando usam energia gerada por carvão 


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail