Estudo revela a possibilidade de captura de CO2 da atmosfera por meio de eletrólise

eCycle

Com projeto inovador, laboratório americano diz ser possível capturar gás carbônico do ambiente e combater o crescimento do efeito estufa

Conhecido como um dos vilões do aquecimento global, o gás carbônico (CO2) é emitido de diversos modos: queima de combustíveis fósseis, uso de fertilizantes nitrogenados e até mesmo com a nossa respiração. Mas esse nível de emissão pode e deve ser controlado, trazendo mais equilíbrio ao planeta.

Uma das soluções desenvolvidas pela própria natureza para diminuir a disponibilidade de gás carbônico na atmosfera é a fotossíntese. É através dela que as árvores capturam CO2 e liberam oxigênio. Mas a grande devastação de florestas e mangues em todo o mundo tem diminuído essa capacidade natural. Os ouriços também têm importante papel na captura de CO2. Quando larvas, o exoesqueleto possui nanopartículas de níquel, que absorvem o gás carbônico, produzindo conchas.

Uma possível opção foi recentemente desenvolvida por meio de estudos no laboratório americano Lawrence Livermore National Laboratory (LLNL), que conseguiu reproduzir, em escala laboratorial, um novo modo de captura de carbono: uso da solução produzida na eletrólise de água salina para capturar gás carbônico do ambiente e produzir combustível de hidrogênio.

A eletrólise funciona assim: uma corrente elétrica é induzida para que dois compostos químicos tenham reação. Assim, eles sofrem decomposição e seus produtos podem ser usados em outras situações. A eletrólise da substância NA2SO4 (sulfato de sódio), em água, produz, entre outros compostos, H2. Após contato com o ar, a solução resultante teve maior medição de carbono dissolvido, que foi armazenado, principalmente, como bicarbonato de sódio (NaHCO3). Ficou então provada a captura de CO2 do ambiente pela solução.

Além de poder ajudar na diminuição do efeito estufa, essa reação também produz H2. Esse gás tem potencial para tornar-se um combustível, apesar de ainda haver muita especulação sobre o seu verdadeiro valor ecológico, já que ele precisa ser “criado” para ser usado. Muitos estudos ainda precisarão ser feitos para melhor fundamentar a descoberta, de captura de CO2 e uso do H2 como combustível, além de garantir que a produção em nível industrial seja vantajosa ao ambiente e à população.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail