Empresa americana transforma bitucas de cigarro em plástico por meio de programa de reciclagem

eCycle

Bitucas estão entre as principais fontes de resíduos e representam cerca de 37% do lixo jogado no chão inapropriadamente

O acúmulo de bitucas de cigarro nas ruas das cidades é um problema comum há muito tempo. O hábito dos fumantes de jogá-las no chão e a dificuldade em reciclar esse item são os entraves para uma solução rápida. O descarte no chão só vai acabar com o tempo, por meio da conscientização. É preciso deixar claro aos "porquinhos" que as bitucas de cigarro têm várias substâncias tóxicas e contribuem para o entupimento de bueiros (veja aqui alternativas para você lidar com bitucas de cigarro).

Sobre a dificuldade de reciclar bitucas de cigarro, as coisas vão mudando enquanto a tecnologia avança. Já foram feitos estudos preliminares para utilização da bituca para evitar corrosão de encanamentos e para ajudar a recompor áreas degradadas.

Dentre essas tecnologias de reciclagem mais viáveis, se destaca a da empresa TerraCycle, que tem como presidente, o empresário americano Tom Szaky. Ele foi o responsável por levar a frente o primeiro programa de reciclagem de bitucas de cigarro exportado a vários países, cujo objetivo é transformá-las em plástico para servirem de matéria-prima para outros produtos, como cinzeiros.

Para que a reciclagem seja realizada, há varias etapas. Na primeira, empresas, pessoas e organizações coletam o resíduo e o enviam, de graça, para a sede nacional da TerraCycle. Lá as cinzas são esterilizadas e dissecadas, misturando o papel e o tabaco à medida em que o acetato de celulose (material usado no filtro) é fundido e reciclado. Em troca disso, os voluntários ganham pontos para poder financiar projetos de instituições de caridade ou escolas.

Desafio

Segundo o próprio Szaky, os cigarros e suas bitucas são a principal fonte de resíduos mundial e representam 37% de todo o lixo que as pessoas jogam no chão, inapropriadamente. Por conta dessas circunstâncias, a ideia do empresário se tornou um desafio e ele colocou a reciclagem das bitucas de cigarro como seu principal objetivo para 2013, juntamente com a procura de soluções para a goma de mascar e para fraldas usadas.

O sucesso desse programa de reciclagem tem superado as expectativas, de acordo com Tom, porque eles conseguiram recuperar, até agora, mais de um milhão de cigarros. A indústria de tabaco mostrou entusiamo e esse interesse resultou na expansão do programa para a Europa, em países como Alemanha, Noruega, Dinamarca, França, Suíça, Áustria, Suécia e Finlândia. E Tom acredita que, ainda em 2013, consiga alcançar países da América Latina e do leste europeu - a reciclagem de bitucas ainda não está disponível na TerraCycle Brasil.

TerraCycle

A empresa tem como principal diferencial a sua especialização em reciclagem e upcycle de materiais que são de difícil destinação. Os funcionários da companhia transformam embalagens de BOPP (plástico laminado de difícil reciclagem) de diversos itens (sucos de fruta em pó, salgadinhos, barrinha de cereal) em produtos novos, de valor e utilidade. Escovas de dentes velhas e até canetas gastam também servem como matéria-prima (veja mais aqui).



Fonte: © AFP



Veja também:


 

Comentários  

 
0 #1 2013-11-23 23:07
se as empresas de cigarro colocassem sementes de plantas nos cigarros, em vez de poluir, estariam ajudando o meio ambiente, ja que a maioria dos fumantes jogam bitucas no chão
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail