Especialistas da USP oferecem curso on-line sobre psicologia escolar

eCycle

Materiais disponíveis na internet ajudam psicólogos, professores e pais a encontrarem caminhos para entender e trabalhar as dificuldades escolares

Portal da USP
Imagem: Reprodução/Portal OQE

A Orientação à Queixa Escolar (OQE) é uma abordagem de atendimento psicológico para quem passa por dificuldades nas instituições de ensino. Ela leva em consideração a história e outros aspectos de todos os envolvidos no processo da educação: criança/adolescente, família e escola. O objetivo é evitar a medicalização crescente no âmbito escolar e encontrar soluções na rede de relações e no cotidiano da sala de aula.

Desenvolvida no Laboratório Interinstitucional de Estudos e Pesquisas em Psicologia Escolar (Lieppe) do Instituto de Psicologia (IP) da USP desde 1998, esse tipo de abordagem está disponível ao público gratuitamente por meio de atendimentos agendados, além de fazer parte de cursos e atividades de ensino e pesquisa.

Após acumular informações e experiências que se tornaram referência nacional na área de psicologia escolar, a OQE vai ter seus cursos e materiais disponíveis na internet, com um portal e um canal de vídeos. Todo o conteúdo é gratuito e disponível ao público geral. “Será um recurso útil para subsidiar interessados em compreender ou trabalhar com queixas escolares, oferecer conhecimentos e materiais de qualidade para docentes e cuidar dos referenciais desse corpo de saberes, que corre o risco de se distorcer dada a ampla disseminação existente”, afirmam as coordenadoras Marilena Proença Rebello de Souza, do Lieppe, e Beatriz de Paula Souza, do Serviço de Orientação à Queixa Escolar.

O destaque principal do novo portal é a possibilidade de acessar em vídeo as aulas do curso de Orientação à Queixa Escolar, realizados desde 2004 pelo laboratório. Os vídeos são divididos conforme o programa do curso e são organizados de forma visualmente atrativa, o que facilita seguir a sequência das aulas. Também há indicações de leitura, materiais complementares, apresentações gráficas e indicações bibliográficas. Ainda, é possível acessar alguns trabalhos selecionados, feitos por psicólogos que fizeram o curso, e que tratam de temas específicos na área da psicologia escolar.

Outros materiais importantes estão disponíveis no site. Na série de vídeos “Como Fazemos” há todo o processo realizado pelo serviço de orientação, desde a triagem até o fechamento do trabalho. Em “vídeos que indicamos”, links para algumas produções que fazem refletir sobre temas da psicologia escolar. Roteiros e formulários que auxiliam o trabalho de profissionais de psicologia que lidam com as escolas, além de fichas e listas de controle que são usadas no serviço de atendimento do laboratório. Por último, os resultados de uma pesquisa sobre a população que buscou o serviço de queixa escolar no período de 2000 a 2016, com mais de 1.100 prontuários e fichas, tratados estatisticamente, para levantar características como: sexo, idade, tipos de queixa e outras.

O trabalho de elaboração do portal levou dois anos com a supervisão do professor Almir Almas, do Laboratório de Arte e Mídia da Escola de Comunicações e Artes (ECA), além de contar com uma equipe multidisciplinar formada por estudantes do IP, da Faculdade de Educação (FE), e de outras unidades, incluindo o auxílio da Pró Reitoria de Graduação da USP.

Acesse o portal de orientação à queixa escolar: orientacaoaqueixaescolar.ip.usp.br

Confira também o canal no YouTube neste link



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×