Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

No Parque do Ibirapuera, a conferência reunirá prefeitos, gestores municipais e especialistas do Brasil e do mundo

Imagem aérea do Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Foto: Good Free Photos/Leandro Centomo (CC)

A cidade de São Paulo sediará de 16 a 20 de setembro, no Parque do Ibirapuera, a conferência “Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis”, que reunirá prefeitos, gestores municipais e especialistas do Brasil e do mundo.

Realizada por meio de parceria entre Plataforma Global para Cidades Sustentáveis ​​(GPSC, na sigla em inglês), liderada pelo Banco Mundial, Prefeitura de São Paulo e Programa Cidades Sustentáveis, o evento sediará o 3º encontro da Plataforma Global para Cidades Sustentáveis ​​e a 2º Conferência Internacional sobre Cidades Sustentáveis.

A imprensa é convidada para as sessões do dia 17 no período da tarde, para a abertura (18) e para a programação do restante da semana. As inscrições podem ser feitas até 6 de setembro.

O evento terá uma Mesa Redonda de Prefeitos no dia da abertura (18 de setembro), presidida pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas, na qual líderes de cidades brasileiras e de outros países discutirão estratégias para o desenvolvimento urbano sustentável.

“Realizar o 3º Encontro Global da Plataforma Global para Cidades Sustentáveis, discutindo o assunto com especialistas e autoridades nacionais e internacionais, nos ajuda a atingir a meta de contribuir ainda mais para o desenvolvimento urbano sustentável de nossa cidade”, afirmou Covas.

“As cidades são os locais onde o futuro está sendo construído. A rápida urbanização traz oportunidades — mas também desafios sem precedentes, como o aumento dos riscos de desastres causados pelas mudanças climáticas — para cidades e seus residentes, especialmente os pobres e vulneráveis​​”, disse Sameh Wahba, diretor global para práticas urbanas, de gerenciamento de risco de desastres, resiliência e terra do Banco Mundial.

Em uma semana, nove sessões temáticas se concentrarão em tópicos centrais do planejamento e gestão das cidades, incluindo: biodiversidade; financiamento do desenvolvimento urbano sustentável; desigualdades de gênero e raça; geração de oportunidades, trabalho e renda; dados geoespaciais; inclusão e habitação a preços acessíveis; participação social; desenvolvimento orientado para o trânsito e regeneração urbana.

Esses tópicos estão alinhados aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 e os três pilares da GPSC — sustentabilidade, planejamento na gestão urbana integrada e finanças municipais.

“Nos esforçamos para compartilhar as iniciativas mais modernas para melhorar a sustentabilidade de processos voltados ao desenvolvimento urbano e à qualidade de vida dos moradores nas cidades brasileiras. Acreditamos que essas práticas também podem ser inspiradoras em outras partes do mundo e esperamos compartilhar esse conhecimento na conferência”, disse Jorge Abrahão, coordenador geral do Programa Cidades Sustentáveis.

Além dos participantes brasileiros, o evento reunirá representantes das 28 cidades da GPSC em 11 países, juntamente a parceiros e investidores. O público estimado é de 800 pessoas, incluindo líderes urbanos, funcionários públicos, profissionais do urbanismo, acadêmicos, jornalistas, especialistas de instituições financeiras, organizações internacionais, Nações Unidas, líderes do setor privado e organizações da sociedade civil.

A conferência “Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis” é apoiada pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF, na sigla em inglês).

Serviço

  • Evento: Catalisando Futuros Urbanos Sustentáveis: 3º Encontro Anual da Plataforma Global Cidades Sustentáveis e 2ª Conferência Internacional Cidades Sustentáveis
  • Data: do dia 16 ao 20 de setembro de 2019
  • Local: Parque Ibirapuera, São Paulo:
  • Endereço: Av. Quarto Centenário, 1268 – Vila Mariana, São Paulo – SP, 04030-000
    • 17 setembro – tarde – Umapaz
    • 18 setembro – manhã – Auditório Oscar Niemeyer
    • 18 setembro – tarde – Auditório Oscar Niemeyer e Fundação Bienal
    • 19 setembro – Fundação Bienal
    • 20 setembro – Visitas técnicas – com inscrição
  • Inscrições até 6 de setembro
  • Valor: gratuito
  • Saiba mais

Veja também: