Valorize sua dieta com 18 dicas simples e realistas para um cotidiano mais saudável

eCycle

Diversas opções para uma vida mais equilibrada e saudável em seu dia a dia

A correria da vida cotidiana demanda grande energia e concentração das pessoas. Muitos ficam desgastados ao longo do dia e deixam de lado a saúde para resolver outras coisas. Por conta da pressa, por vezes a opção pelo desequilíbrio exagerado dos self services ou mesmo dos lanches rápidos, o esquema fast food, comprometemos a saúde. Mesmo sob tais pressões, é possível equilibrar os afazeres e os cuidados com o organismo. Se você acha que está se alimentando mal ou deixando de se hidratar, aproveite e acompanhe aqui algumas dicas que podem temperar seu cotidiano com hábitos mais saudáveis, seja nas pausas do trabalho ou quando em casa.

Prefira pães de forma que contêm grãos – Fazendo isso você vai ingerir muito mais nutrientes do que em um pão tradicional. Dietas baseadas em grãos contribuem para um peso e equilíbrio com seu corpo, redução dos riscos de doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, obesidade e algumas formas de câncer. Além de ajudar na regulagem do processo digestivo por conta das fibras contidas nos grãos ainda ajuda na redução dos níveis de colesterol LDL.

Água nunca é demais – Se a água cobre cerca de 70% da superfície do planeta e corresponde a similar porcentual na composição de nosso corpo, é conclusivo seu aspecto fundamental para a vida, nosso caso, humana. Segundo estudos feitos por Elisângela Werner e Monica Franken sobre o consumo de água pelo ser humano, um indivíduo pode ficar até 28 dias sem comer que ainda assim conseguirá sobreviver, em contrapartida mais do que 3 dias sem beber água significará morte por desidratação. Por isso nós devemos se preocupar com a quantidade de água ingerida e, se possível, não nos permitirmos desidratação. Para avaliar se está desidratado, basta observar a cor da sua urina. Nos casos em que um tom mais claro prevalecer, no sentido da transparência, isso significará que as condições de hidratação estão adequadas. Aparência em tom mais escuro ou amarelado podem significar necessidade de aumento no consumo de água, pois possivelmente sua condição é de desidratação. O corpo humano elimina ao longo do dia a água através da respiração, transpiração e urina e para reposição seria recomendável a ingestão de aproximadamente 2 litros de água por dia, em intervalos regulares. Ou seja, aproveite para beber mais água do que você já bebe.

Beba com moderação – As bebidas alcóolicas são consumidas em larga escala pelo mundo afora, nas mais variadas ocasiões. Seja em festas, reuniões de amigos ou familiares, sempre há bons motivos. A questão não reside no simples ato de beber, mas sim no quanto é ingerido pela pessoa, pois a depender da quantidade de álcool no corpo, longo tempo pode levar para desintoxicação do organismo, o que pode contribuir para problemas psiquiátricos, neurológicos, cardiovasculares ou mesmo câncer. Outra adversidade das bebidas é o número de calorias que possuem. Um copo de rum com coca cola, mais conhecido como cuba-libre por exemplo, contém cerca de 170 calorias. Por isso, levar uma vida saudável não parece compatível com o consumo exagerado do álcool. Beber moderadamente é o caminho. De qualquer forma, algumas dicas relacionadas ao consumo destas substâncias podem ser interessantes. Antes de ingerir álcool, faça uma refeição moderada. Ela forma uma camada protetora no estômago e contribuirá para a digestão dos alimentos em paralelo com o álcool, tornando sua absorção pelo organismo mais lenta. Alterne bebida alcoólica e água, o que contribuirá para a diluição dos componentes da bebida alcoólica evitando um quadro de desidratação. Não misture vários tipos de bebida, como fermentados (cerveja e vinho) e destilados (uísque e vodca), pois seu corpo pode rejeitar a mistura. No dia seguinte, consuma frutas e sucos, a frutose auxiliará o organismo a se livrar do álcool.

Use menos óleo para cozinhar e refogue menos – Para uma vida mais saudável e com menos rios poluídos, diminua o óleo na hora de cozinhar, assim você corta as calorias extras e gorduras da sua ingestão diária. E refogando menos as comidas, você consegue ficar longe do óleo e dos problemas que ele causa.

Participe do Segunda Sem Carne – Campanha que , segundo o site oficial: “se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de carne para alimentação tem sobre o meio ambiente, a saúde humana e os animais, convidando-as a tirar a carne do prato pelo menos uma vez por semana e a descobrir novos sabores”. Reduzir o consumo de carne reduz sua pegada hídrica (segundo a Water Footprint para produzir um quilo de carne bovina são necessários cerca de 15 mil litros de água) e sua pegada de carbono, contribuindo também para a redução das emissões de gases de efeito estufa produzidos pelo gado no processo de sua criação. A considerarmos os impactos do consumo de carnes diretamente em seu corpo, reduzi-lo significa menores riscos de contrair câncer, cardiopatias, diabetes, obesidade o que contribui para a longevidade. Veja mais sobre ser vegetariano ao menos uma vez por semana.

Cozinhe mais em sua casa – Aproveite para testar seus dotes de culinária e refine suas práticas na elaboração de comidas mais saudáveis e de sua preferência. De acordo com o USA TODAY, a pessoa que prefere comer em um restaurante, consome 50% mais calorias, gorduras e sódio do que uma pessoa que opta por cozinhar em casa.

Dê preferência a produtos e mercados locais – Tente retirar os congelados da sua rotina. Prefira produtos orgânicos e prestigie mercados que comercializem produtos cuja origem seja mais próxima quanto possível a você, o que reduzirá sua pegada de carbono ao evitar que os gêneros não trafeguem por distâncias muito longas até chegar a sua casa. Desta maneira você também contribui para o desenvolvimento da economia local. Essas práticas possivelmente lhe conferirão oportunidade de consumir alimentos mais frescos e nutritivos.

Caso queira fazer uma dieta, não exagere na dose - Para se levar uma vida mais saudável é por vezes necessário abdicar de algumas opções alimentares e a isso consideramos a prática de dietas. No entanto, há uma certa confusão relacionada ao conceito de dieta, por vezes interpretada como restrições alimentares exageradas ou mesmo a ingestão exclusiva de saladas e legumes. Pode parecer que isso resolverá o problema, mas na verdade o nosso corpo também precisa de carboidratos (massas), proteínas (carnes), fibras, vitaminas (frutas), sais minerais e lipídios (gorduras). Por isso, se a dieta não for capaz de equilibrar todos esses nutrientes ela poderá conduzir a efeitos desastrosos à saúde.

Não "pule" o café da manhã - Alguém muito experiente já pode haver lhe dito: "o café da manhã é a refeição mais importante do dia". Pois faz todo o sentido, uma vez que diversas pesquisas comprovam essa afirmação e mostram que quem pratica essa refeição é mais saudável e ativo fisicamente. Também foi comprovado que quem tem como primeira refeição do dia o almoço exagera na gordura e calorias em prejuízo à saúde. Por isso, pense duas vezes na hora que "pular" o café da manhã.

Substitua o refrigerante pelo suco ou chá - Tente substituir o refrigerante pelo suco ou chá mate. Seu corpo irá agradecer. Mesmo que o refrigerante seja diet, pense em outras alternativas. Se não for possível a total eliminação, diminua o seu consumo e se previna contra doenças como obesidade e diabetes. Mais saudável ainda se puder incrementar o consumo de sucos naturais e chá mate, que fazem muito bem à saúde.

Opte por lanches mais saudáveis - Faça seus próprios lanches com ingredientes mais saudáveis em vez de comprar de lanchonetes e para aquele jantar básico, que tal reaproveitar as cascas de batata, de cebola, de cenoura, além de alho poró e de outros vegetais a gosto para fazer uma bela sopa? Salsa e cebolinha também vão bem nesse caldo.

Experimente novas frutas e vegetais - Faça uma lista das frutas e vegetais que você nunca comeu, aproveite aquelas cuja época privilegiar e veja se gosta. Algumas frutas exóticas e raras são nutritivas, bom para saúde e você ainda ampliará seu repertório de paladares.

Menos café - Aquele cafezinho durante à tarde ou de manhã pra acordar, não faz mal. O problema é quando esse café passa a ser seu companheiro do dia e no final dele você já perdeu a conta de quantos tomou. De acordo com o Mayo Clinic, se você bebe mais de quatro xícaras de café por dia, a cafeína poderá causar efeitos colaterais como insônia, nervosismo, inquietação, irritabilidade, aceleração dos batimentos cardíacos, tremores musculares e dores de estômago.

Prefira alimentos que melhorem seu humor - Vida saudável e bom humor sempre andaram juntos e agora você pode estimular ambos através de sua alimentação. Isso é possível por conta das seguintes fontes: ômega 3, vitamina B1 ou tiamina que pode ser encontrado em pistache, castanha de caju, soja, linhaça. Além da vitamina B12, encontrada em peixes, leite, ovos e o triptofano em amendoins e bananas. Mas a melhor dica para combinar o humor com saúde é comer peixe uma ou duas vezes a semana, pois essas quatro fontes podem ser encontradas neste gênero alimentício.

Faça pratos coloridos - Quanto mais cores sua dieta oferecer, mais nutrientes você estará consumindo. Faça da cor uma prioridade na hora da compra e da cozinha.

Esportes, sempre - A atividade física na rotina do ser humano é de fundamental importância para aqueles que pretendem viver por bom tempo, de maneira saudável. São diversos os benefícios da atividade física, melhora da auto estima, da flexibilidade, diminui o risco de doença cardíaca, do câncer do cólon, previne derrames e diabetes tipo 2, reduz depressão e ansiedade, controla a pressão sanguínea, dentre outras vantagens.

Relaxe sua mente - Viver em cidade grande e ter que enfrentar seus problemas diários é algo desgastante. Quem convive com isso, acumula estresse, cansaço e ansiedade. Para combatê-los existem formas de descontração como caminhar, ouvir música e passar o tempo com os amigos. Elas servem para relaxar a mente e se desligar um pouco da correria. Existem alternativas próprias para a mente como Yoga e Tai Chi Chuan que trabalham o exercício da meditação e do alongamento. Livros também são ótimos para tal finalidade.

Sorria - O sorriso é a melhor cura para os problemas que você enfrenta. Não custa nada e é muito contagioso. Um vício delicioso.

Veja também:

- Seja vegetariano ao menos uma vez por semana
Frutas da época são mais econômicas e nutritivas


 

Comentários  

 
+1 #1 2014-08-31 12:29
melhorei amei
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail