Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Documentos vão formar a base de novo acordo global para o clima

Imagem: Flickr/Leonardo F. Freitas (Creative Commons)

O secretário-geral assistente para Mudanças Climáticas, Jonas Pasztor, anunciou, nesta quinta-feira (17), que apenas 62 nações enviaram seus planos de ação para a Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC). Em dezembro, os 194 países integrantes da Convenção se reunirão em Paris (França) para selar um novo acordo universal para combater as mudanças climáticas.

Até lá, cada Estado deve enviar para a UNFCCC um conjunto de metas que vão formar a base do novo acordo global. O documento contendo as propostas de cada país, chamado Contribuição Nacional Pretendida Determinada (INDC), vai informar a Conferência sobre desafios locais e regionais e as metas que os países se propõem alcançar. O Brasil está entre os países que ainda não enviaram seu plano de ação para a UNFCCC.

Em pronunciamento, Pasztor destacou a necessidade da comunidade global assumir compromissos ambiciosos para evitar que a temperatura no mundo aumente mais que dois graus Celsius. “As mudanças climáticas são um multiplicador de ameaças”, afirmou.

Fonte: ONUBr

Veja também:
Chefe da ONU cria cargo para incentivar acordo universal do clima
Clima global pode ter condições alarmantes no futuro, diz relatório da ONU