Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Baterias podem ser motivo de preocupação ambiental; entenda como lidar com elas

Baterias são agrupamentos de pilhas em série ou em paralelo encontradas em diversos modelos e marcas. Se a criação da energia elétrica representou uma revolução que possibilitou uma série de avanços para a vida em sociedade, as baterias trouxeram a energia elétrica portátil.

Essas pequenas fontes de energia proporcionam muitas praticidades ao dia a dia: melhoram a vida de pessoas surdas que utilizam baterias em seus aparelhos auditivos e possibilitam o uso de celulares, por exemplo.

Em geral, cada modelo possui vantagens e desvantagens em relação ao uso e aos impactos ambientais, mas nenhum deles deve ser destinado ao lixo comum, mesmo que a prefeitura faça a coleta. Confira:

Modelos de baterias

Bateria de chumbo

O problema que envolve essas baterias é que o método de recuperação mais usado pelas empresas é o método pirometalúrgico, em vez do eletroidrometalúrgico, o que acaba contaminando a atmosfera com óxidos de enxofre (SOx) e com chumbo particulado.

Bateria níquel/cádmio

Assim como as pilhas leclanché, as baterias níquel/cádmio contêm cádmio, um contaminante ambiental significativo.

Baterias hidreto metálico/óxido de níquel

Devido ao problema ambiental (cádmio) gerado nas baterias níquel/cádmio, surgiram as baterias hidreto metálico/óxido de níquel. Por não possuírem cádmio elas possuem impacto ambiental menor, mas ainda assim devem ser destinadas para a reciclagem.

Bateria de íons-lítio

As baterias de íons de lítio representam menores riscos ambientais do que as de cádmio, mas também devem ser destinadas à reciclagem.

As “falsas”

Esse tipo engloba as chamadas  baterias piratas (recarregáveis ou não), que não possuem os certificados necessários para a produção correta dos itens. São mais baratas, mas podem trazer sérios transtornos, como menor capacidade de armazenar energia; ocorrência de vazamentos frequentes; menor vida útil e risco à saúde por haver maior possibilidade de exposição aos metais pesados.

Bateria orgânica reciclável

Uma equipe de pesquisadores da Texas A&M University desenvolveu uma bateria totalmente livre de metais. Esta tecnologia utiliza uma construção polipeptídica de radical orgânico. A bateria de radicais orgânicos totalmente polipeptídicos, composta por macromoléculas de aminoácidos redox ativos, também resolve o problema da reciclabilidade. Os componentes da bateria podem ser degradados sob demanda em condições ácidas para gerar aminoácidos, outros blocos de construção e produtos de degradação.

O problema das baterias “zumbis”

Uma vez a caminho de aterros sanitários, baterias podem ser esmagadas ou perfuradas durante a coleta e o processamento dos resíduos, é o que alerta a ESA – Environmental Services Association, do Reino Unido. Essas baterias são a causa de centenas de incêndios por ano em depósitos de lixo e locais de reciclagem. As baterias descartadas em lixos domésticos, especialmente as de íon-lítio e de níquel-hidreto metálico, podem pegar fogo ou explodir quando danificadas por esse processo, incendiando outros materiais.

Em alguns casos, esses incidentes exigem a evacuação de pessoas que residem em áreas próximas aos incêndios, colocando a vida das pessoas em risco, e a ajuda do Corpo de Bombeiros, mobilizando esforços que poderiam ser empregados em outras atividades. Por isso, especialistas da ESA pedem às pessoas que não descartem baterias gastas no lixo doméstico ou em cestos de reciclagem.

Como descartar?

Para fazer o descarte de baterias é necessário, antes de tudo, armazená-las sem misturá-las com outros tipo de materiais, apenas embalá-las em plástico resistente para evitar contato com umidade a fim de evitar vazamentos.

Após embaladas, consulte quais são os postos de recolhimento mais próximos da sua residência ou local de trabalho. E lembre-se: mesmo que a legislação brasileira (Art.33 da Política Nacional de Resíduos Sólidos) obrigue a empresa fabricante a estruturar e implementar sistemas de logística reversa, você também é responsável pelo descarte correto, então contribua para um mundo menos poluído e tenha uma pegada mais leve separando suas baterias e enviando-as para usinas de reciclagem da forma mais segura possível.

Consulte nossas matérias para saber como é feita a reciclagem de pilhas e baterias e quais são as melhores pilhas e baterias para o seu uso.