Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Joro mede o impacto dos seus hábitos de consumo e sugere mudanças para reduzir emissões de carbono

Imagem de Michal Jarmoluk por Pixabay

A Joro é uma start-up sediada na Califórnia, nos Estados Unidos, que mobiliza ações coletivas em prol do clima. O lançamento mais recente da companhia é o aplicativo homônimo, que mede, em tempo real, o impacto das escolhas de consumo dos usuários nas emissões de gases do efeito-estufa. Para isso, conta com um mecanismo que calcula a pegada de carbono durante as compras, com base em como o consumidor gasta o dinheiro.

O site da start-up explica que o app utiliza fontes científicas rigorosas para desenvolver os algoritmos de estimativa, revisando e testando novos dados periodicamente. O objetivo, segundo a empresa, é fornecer estimativas relativamente precisas dos fatores mais relevantes da pegada de carbono dos usuários, para impulsionar tomadas de decisão mais sustentáveis na hora de consumir.

O que é compensação de carbono?

Qualquer atividade humana, por mais irrelevante que pareça, envolve uma pegada de carbono. Ao comer um prato de arroz e feijão, por exemplo, você cria uma pegada específica. Caso seu prato contenha alimentos de origem animal, ela aumenta, considerando fatores como plantação, cultivo, transporte e outros.

Por isso, ter ciência da sua pegada de carbono – e, de maneira mais abrangente, sua pegada ecológica – em cada atividade do dia a dia é importante para poder reduzi-la: é o que chamamos de compensação ou neutralização de carbono. Atitudes que compensam suas emissões de gases do efeito-estufa contribuem para desacelerar o aquecimento global, melhorar a qualidade de vida do planeta e evitar o overshoot – ou a sobrecarga da Terra.

Reduzir o consumo supérfluo, descartar corretamente seus resíduos e praticar compostagem, por exemplo, são maneiras de evitar a emissão de carbono. Já as emissões de carbono inevitáveis podem ser neutralizadas, por meio de investimentos em projetos ambientais certificados, que envolvam reflorestamento, uso de energia eólica e outros.

Projetos de compensação de carbono de alta qualidade são permanentes (difíceis de reverter), adicionais (não ocorreriam sem receita de créditos), verificáveis ​​(confirmados por terceiros), herméticos (não resultam em um aumento nas emissões em outro lugar) e executáveis ​​(registrados para garantir que só possam ser reivindicados uma vez). Calculando sua pegada de carbono, fica mais fácil reduzir suas emissões e descobrir a quantidade ideal de projetos em que você deveria investir para neutralizar suas emissões.

Mudança de hábitos

Uma mudança radical nos seus hábitos não vai resolver por si só as mudanças climáticas, mas pode ajudar a minimizar seus impactos. A ideia do aplicativo Joro é tornar os benefícios dos esforços mais visíveis, além de sugerir novos comportamentos de consumo, com base na realidade do usuário.

O aplicativo faz perguntas básicas para entender o cotidiano do usuário, que envolvem o tamanho de sua casa, com que frequência ele come carne e se tem o costume de viajar de avião. Ao conectá-lo ao cartão de crédito ou débito, o app estima automaticamente as emissões de cada nova compra em tempo real.

Além de dicas curtas, o aplicativo indica aos usuários aulas e artigos que explicam o que fazer para reduzir seu impacto ambiental. Ele também conecta amigos e familiares para compartilhar seu progresso. A start-up acredita que esses pequenos passos podem levar a uma mudança de hábitos mais ampla na sociedade. De acordo com a empresa, os primeiros usuários reduziram suas pegadas de carbono em cerca de 10% com a ajuda do aplicativo.

Alternativas

Em alguns países, o Joro já está disponível para Android e iOS, mas o aplicativo ainda não chegou ao Brasil. Enquanto isso, você pode medir sua pegada de carbono nos sites Carbon Footprint (em inglês), United Nations (em inglês), Iniciativa Verde (em português) e nos aplicativos Deixe sua pegada ecológica, Carbon Footprint Calculator, Carbon offset, Carbon Neutral e outros.


Fontes: Joro e Fast Company

Veja também: