O que é e como funciona um esterilizador UV

eCycle

Aparelho esterilizador UV pode ser uma boa opção para evitar germes em objetos como telefone, chaves e carteira

Esterilizador UV
Imagem: PhoneSoap/Divulgação

A volta das atividades regulares pós-pandemia deve ser mais desafiadora e exigir mais do que o simples uso de máscaras. Já existem pesquisas em desenvolvimento para roupas feitas com cobre ou com propriedades antivirais, mas esses recursos ainda parece longe de serem acessíveis. Uma ferramenta que já não é tão incomum é o esterilizador UV, geralmente semelhante a uma caixa ou um utensílio de limpeza que ajuda a eliminar os germes dos objetos.

Já existem alguns modelos de esterilizador UV à venda no Brasil e, no exterior, começam a aparecer opções ainda mais acessíveis, em formato de case para limpar o celular e outros pequenos objetos. O aparelho tem sido apontado como umas das maneiras mais fáceis de se manter saudável e higienizar bem os pertences pessoas tocados com mais frequência.

"Deveríamos nos concentrar em manter a limpeza dos itens com os quais entramos em contato de modo mais frequente - como bancadas, maçanetas, torneiras, teclados de computador e telefones", diz o Dr. Andrew Pavia, chefe da Divisão de Doenças Infecciosas Pediátricas da Universidade de Utah, em entrevista ao site Fast Company. Ele chama a atenção para o fato de que a maior parte das pessoas raramente limpa seus celulares.

A limpeza dos celulares é um desafio, já que exige produtos específicos e nem sempre os resultados são de fato desinfetantes. Por isso, muitas empresas estão desenvolvendo caixas e acessórios capazes de atuam como um esterilizador UV - são equipamentos dotados de uma radiação ultravioleta capaz de eliminar até 99,9% dos microorganismos (incluindo germes e vírus) que comumente vivem em um celular.

Embora existam vários tipos de luz UV (categorizados de acordo com o comprimento de onda), é a luz UV de comprimento de onda curto (UV-C) que é conhecida como luz "UV germicida". Segundo estudos, esses comprimentos de onda curtos da luz - medindo entre 200 nm e 300 nm - são fortemente absorvidos pelo ácido nucleico dos micro-organismos.

E, assim como os raios UV mais fortes danificam as células da pele, resultando em queimaduras solares, a luz UV-C também danifica e mata os micro-organismos no nível celular - destruindo seus ácidos nucleicos e interrompendo o DNA dos germes.

Os cientistas usam a luz UV para matar bactérias e vírus desde que Niels Finsen descobriu sua eficácia contra a tuberculose - descoberta que lhe rendeu um Prêmio Nobel em 1903. Hoje em dia já é mais acessível usar a luz para combater os germes, embora o esterilizador UV ainda não seja um produto muito comum e seu preço ainda seja elevado.

Nos Estados Unidos, os cases de esterilizador UV começam a ganhar versões mais acessíveis - porém ainda na casa dos US$ 100. Eles usam a luz UV-C para higienizar os itens domésticos mais usados, como chaves, acessórios e o celular. Basta colocar os itens dentro do aparelho e ligá-lo. Mas nada disso substitui a boa e velha lavagem das mãos, que ainda é a melhor forma de se prevenir de doenças.



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×