Matar aranhas em casa é necessário? Entenda

eCycle

Saiba por que conviver com aranhas dentro de casa pode ser positivo para as duas partes

Matar aranhas? Repense!
Imagem: Photo by Tony Fortunato on Unsplash

Pode ser difícil de acreditar, mas matar aranhas que aparecem vagando pela sua casa pode não ser necessário. As aranhas são uma parte importante da natureza e do "ecossistema doméstico", além de seres em seu pleno direito de viver. Se isso não te convenceu, saiba que a maior parte das aranhas que aparecem em residências humanas são inofensivas e ainda ajudam a combater pragas como pernilongos e outras aranhas.

As pessoas gostam de pensar em suas casas como ambientes seguros e isolados do exterior, mas esquecem que o ser humano interage com diversas outras espécies, como os insetos, o que faz com que muitos deles encontrem em nossas casas ambientes propícios às suas vidas. É o caso de algumas aranhas, que gostam de ambientes secos e escuros e podem se alojar em cantinhos afastados de uma estante, em uma janela que nunca é aberta ou no quarto de tralhas (por falar nisso, que tal fazer uma limpeza por aí?).

Um grupo de entomologistas americanos fez um levantamento para descobrir quais são os tipos de aranha mais comuns em casas humanas. Eles visitaram 50 casas na Carolina do Norte (EUA), todas elas com aranhas e humanos convivendo, e descobriram que os tipos mais comuns são as Theridiidae (uma família de aranhas que reúne mais de 2 mil espécies) e as Pholcidae (família com cerca de mil espécies e considerada inofensiva para humanos).

Em todas as casas, as aranhas deixaram teias prontas para capturar presas. As aranhas Pholcidae às vezes deixam teias prontas para enganar outras aranhas, capturando-as para o jantar. Embora as aranhas geralmente sejam predadoras, prontas para comer qualquer coisa que possam capturar, elas costumam pegar insetos incômodos ao ser humano e até mesmo insetos transmissores de doenças, como mosquitos e pernilongos.

Existem até algumas espécies de aranhas saltadoras (encontradas em casas africanas) que preferem comer pernilongos com sangue, evitando assim a transmissão de doenças. Ou seja: matar aranhas não custa apenas a vida delas, pode também acabar com um importante predador natural das pragas que nos atacam.

Mas é normal ter medo de aranhas. Elas têm muitas pernas e são quase todas venenosas - embora a maioria das espécies sequer tenha força nas garras para perfurar a pele humana, além de um veneno muito fraco para nos causar problemas. O medo de aranhas é normal até entre os entomologistas, que são os estudiosos especializados em insetos. Há inclusive alguns profissionais da área que superaram o medo justamente estudando as aranhas a fundo.

Conheça a história de Fiona Cross, uma aracnologista que era tinha pavor de aranhas.

As aranhas não têm nenhum interesse em atacar o ser humano e, na verdade, até preferem nos evitar - nós somos mais perigosos para elas do que o contrário. Mordida de aranha é algo extremamente raro, embora existam algumas espécies cujas mordidas, ainda que raras, causam sérias consequências, como a viúva-negra e a aranha-violinista.

Se você realmente não consegue aguentar aranhas na sua casa, apartamento, garagem ou outros ambientes internos, tente da próxima vez capturá-las e soltá-las do lado de fora. Elas encontrarão outro lugar para chamar de casa e você também ficará feliz. Outra ideia pode ser usar produtos naturais para espantá-las ao invés de matá-las. Conheça algumas opções na matéria "Repelente de aranhas: conheça tipos ecológicos de inseticida para aranhas".

Mas, se você não tiver medo de aranhas nem grandes problemas com elas, é perfeitamente aceitável ter aranhas em casa. É inclusive algo extremamente normal. Mesmo que você não veja as suas aranhas domésticas, é bem provável que você tenha algumas dividindo o espaço e te ajudando com o controle dos mosquitos e pernilongos indesejados, de modo que é conveniente considerar uma relação do tipo "viva e deixe viver".



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail