Também existem "peixes da época". Veja como consumi-los de forma consciente

Peixes possuem período de reprodução em que não podem ser pescados. Entenda


Você já viu aqui no Portal eCycle que Frutas da época são mais econômicas e nutritivas. Que tal saber agora sobre os “peixes da época”? Na verdade, o que existem são períodos em que não se pode consumir certas espécies de pescado. Esse é o período de defeso, que é quando esses animais estão em época de reprodução. Portanto, se eles forem pescados, não terão filhotes para manter a espécie. Muitos pescadores reclamam do período de defeso e alguns até o desrespeitam, sem pensar na importância dele para a manutenção das espécies.

Durante este período, as pessoas que dependem da pesca extrativista recebem um auxílio do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA): um salário mínimo por mês. É pouco dinheiro e isso acaba sendo usado como desculpa para muita gente pescar mesmo sendo proibido. Apesar disso, muitas espécies podem ser levadas à extinção se o período de defeso não for respeitado.

O que fazer?

Para não prejudicar as fauna marinha, é necessário se atualizar sempre sobre quais espécies ou regiões estão em defeso e não consumi-las nessa época, a não ser que o comerciante apresente a Declaração de Estoque ou o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF), que garante que seu produto foi fiscalizado e está de acordo com a lei, ou seja, foi estocado antes do período, além de não apresentar risco de transmitir doenças se preparado ao ponto. Não compre produtos ilegais e denuncie quem os vende: ligue 199.

O período de defeso de algumas espécies é anual. Confira:

  • Camarão: 15 de novembro a 15 de janeiro e 01 de abril a 31 de maio;
  • Lagosta: 01 de dezembro a 31 de maio. Além disso, para evitar a venda de filhotes, há um tamanho mínimo: lagostas vermelhas não podem ser vendidas com menos de 13 cm de cauda inferior e lagostas cabo verde não podem ser vendidas com menos de 11 cm de cauda inferior (confira aqui o tamanho mínimo para outras espécies);
  • Robalo: 01 de maio a 30 de junho;
  • Manjuba: 15 de abril a 15 de maio e 01 de julho a 31 de dezembro;
  • Sardinha: 01 de novembro a 15 de fevereiro e 15 de junho a 31 de julho;
  • Mexilhão: 01 de setembro a 31 de dezembro;
  • Marlin: proibido desde 2005, porque é ameaçado de extinção. Se capturar um acidentalmente, ele deverá ser solto (se sobreviver) ou doado a uma instituição científica (caso não sobreviva).

Já o período de defeso de outras espécies ou regiões varia, por isso fique atento aos sites de notícias também.

Veja também:
-Um oceano de sacolinhas
-Poluição causada por medicação anti-ansiedade está mudando a natureza de peixes
-Aquecimento global pode diminuir tamanho de peixes nas próximas décadas
-Rede de pesca com dispositivo de fuga evita capturas desnecessárias


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail