Em Milão, quem vai ao trabalho de bicicleta poderá receber benefícios

Ideia é remunerar quem utiliza o veículo não poluente para ir ao trabalho

Imagem: Pixabay / CC0

O conselheiro da cidade italiana de Milão, na área de mobilidade, Pierfrancesco Maran, pretende implantar o uso de um aplicativo para monitorar os trabalhadores que se locomoverem ao trabalho de bicicleta - dessa forma, poderão receber benefícios, inclusive financeiros.

Maran busca auxílio técnico na Universidade Politécnica de Milão para colocar a ideia em prática. A gerente de mobilidade da instituição, Eleonora Perotto, destaca que circular de bicicleta na cidade é quase tão rápido quanto ir de carro. Porém, em entrevista ao jornal britânico The Guardian, ela afirma que usar o automóvel é comum devido as distâncias e a dificuldade em encontrar rotas exclusivas para bikes. Problemas como esse são apontados por críticos da proposta, que acreditam que a metrópole italiana ainda não apresenta uma infraestrutura adequada para motivar o uso da bicicleta diariamente.

O governo da Itália anunciou recentemente um fundo de 35 milhões de euros para soluções sustentáveis de mobilidade, depois que diversas partes do país atingiram um nível de poluição assustador.

Outras ações foram implementadas em Milão, uma metrópole com 1,25 milhão de habitantes e que já utiliza o sistema de bicicletas compartilhadas. Cada dia que a pessoa deixa o carro na garagem de casa, ela recebe um voucher que vale uma passagem de trem ou de ônibus. Há alguns anos, a cidade também cobra um pedágio urbano para circular de carro no centro, em um perímetro chamado de Área C, segundo informações doThe City Fix Brasil.

Fonte: EcoD

Veja também:
-Conheça a bicicleta de madeira que custa 11 mil dólares
-Bicicleta dobrável fica do tamanho de um guarda-chuva 


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail