Vegetarianismo levado a sério

Livro de Jonathan Safran Froer esmiuça os motivos morais e de saúde para se evitar o consumo de carne

Em meio a um mundo repleto de gorduras trans, enlatados e conservantes, é comum a busca por uma alimentação mais saudável e que evite agressões ao meio ambiente. Nessa procura, deixar de comer carne é uma alternativa que se anuncia com frequencia. O resultado costuma ser uma beliscadinha em um churrasco uma vez ou outra e a aceitação de um filé de frango apetitoso em um determinado jantar...

"Mark Twain disse que parar de fumar era uma das coisas mais fáceis de se fazer; ele fazia isso o tempo todo. Eu acrescentaria o vegetarianismo à lista das coisas fáceis", escreve Jonathan Safran Foer em seu mais recente livro, Comer Animais, que já está disponível em todo o Brasil. Por influências familiares, o autor se viu naturalmente induzido ao vegetarianismo, mas tomou consciência real dessa ação quando seu primeiro filho nasceu, em 2006.

Foer percorreu fazendas e criadouros da indústria de carne, frangos, peixes e porcos dos Estados Unidos por três anos. Desse trabalho jornalístico, resultou um relato sobre os penosos tratamentos aos quais os animais são submetidos durante todo o processo de criação e abatimento.

O autor visitou e foi expulso de muitos lugares e colheu dados alarmantes, como o alto uso de antibióticos na criação de animais. Ao longo de toda a narrativa, que mescla memórias familiares aos dados coletados por Froer, salta aos olhos a ideia de que o modo como nos alimentamos é um dos grandes problemas da sociedade.

Título: Comer Animais
Autor: Jonathan Safran Froer
Editora: Rocco
Número de páginas: 320


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail