Câmara Municipal de São Paulo ganha Ponto de Entrega Voluntária para coleta de isopor

Plástico pode ser transformado em outros objetos

Imagem: Wikimedia Commons

Com o intuito de mobilizar a população sobre a importância do descarte correto e da reciclagem de EPS, mais conhecido como isopor, foi inaugurado, no dia 13 de abril, um PEV-M (Ponto de Entrega Voluntária Monitorada) na Câmara Municipal de São Paulo. É o primeiro PEV para coleta de EPS instalado em uma casa legislativa no Brasil.

O PEV-M está localizado na área externa, na entrada da Câmara, e nele os cidadãos podem descartar corretamente todo material de EPS, tais como embalagens diversas (inclusive as utilizadas para proteger eletrodomésticos e eletroeletrônicos), entre outros. Todo EPS coletado será encaminhado para a Cooperativa Cora, onde será comercializado e destinado para ser transformado em novos produtos (molduras, rodapés, telhas termoacústicas, solados, chinelos, material para preenchimento de puffs, floreiras, entre outros), promovendo benefícios aos cooperados e ao meio ambiente.

A inauguração deste PEV-M é mais uma ação da campanha Recicla Isopor®, lançada em 2015 pelo vereador Gilberto Natalini, pela Plastivida, por meio de seu Comitê de EPS, e pela Comissão de EPS da Abiquim, para fomentar a coleta seletiva e descarte correto de EPS. Mais que isso, a campanha vem informar a população que o EPS se trata de um plástico e que é 100% reciclável.

O Brasil reciclou, em 2012, 34,5% do EPS que consumiu. Trata-se de uma atividade que gera emprego e renda no Brasil. Em 2012, as 22 recicladoras do país faturaram juntas R$ 85,6 milhões e empregaram 1.413 pessoas.

Veja também:
-Isopor é útil, mas tem grande impacto ambiental
-Fábrica da Fiat vai reciclar isopor


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail