Onze dicas para deixar o açúcar refinado de lado

Que o açúcar é bom, mas faz mal à saúde todos sabem. Eliminá-lo do nosso dia a dia não é tão fácil. Tente com 11 dicas

Açúcar

Uma edição do programa norte-americano “60 minutes”, do canal CNN, exibiu o Doutor Sanjay Gupta e outros especialistas discutindo uma pesquisa sobre as consequências do açúcar refinado à saúde. O resultado do estudo revelou que o açúcar não só contribui para obesidade humana, como também pode provocar doenças cardíacas e o câncer.

A frutose é encontrada na maioria dos alimentos que ingerimos hoje em dia. Aparentemente, por estar presente em grandes quantidades de alimentos, é julgada como não prejudicial à saúde, sem contar que o nosso cérebro, ao consumir algo doce, libera dopamina, que traz sensação de prazer.

Por esses motivos, é bem difícil eliminar o açúcar do dia a dia. Mas não se trata de uma tarefa impossível. Confira 11 dicas para deixar o açúcar de lado.

1. A primeira iniciativa é a motivação

Antes de começar essa batalha é necessário que você tenha motivação constante, como na maioria das vezes, o inicio é sempre pior. Para se convencer mais a respeito, dê uma olhada no vídeo citado no início da matéria (em inglês):

2. Elimine refrigerantes

Você sabia que uma lata de refrigerante padrão possui cerca de dez colheres de chá de açúcar? Pois é, se você conseguir largar o vício ou hábito de tomar refrigerante você conseguirá reduzir drasticamente a quantidade de açúcar ingerida. Mas não são só os gaseificados que têm esse problema. Bebidas, em geral, que precisam de alta taxa de açúcar para se adoçarem podem ser cortadas do seu cardápio diário. Quando necessário, se possível, use adoçantes naturais (saiba mais).

3. Cuidado com produtos industrializados

Evite esse tipo de produto. E mesmo que você adquira produtos orgânicos, fique atento à taxa de açúcar. Evite congelados e embutidos e faça, com produtos locais e saudáveis, suas próprias refeições.

4. E se for comer fora?

Antes de entrar em qualquer restaurante, pesquise aquele que oferece refeições balanceadas e que não utilize açúcar em seus pratos. Dê oportunidade alimentos grelhados e assados, pois não estão propensos a conterem grande quantidade de açúcar.

5. Faça uma dieta de proteína e vegetais

No livro escrito de Julie Ross, “The Cure Mood”, a escritora recomenda a remoção de alimentos refinados (açúcar branco e farinha branca) da dieta. Ela ainda recomenda o consumo de 20 gramas a 30 gramas de proteína a cada refeição e de quatro a cinco xícaras de legumes todos os dias.

6. Desafie-se

Às vezes, na tentativa de reduzir o açúcar, você deixa de se alimentar direito, o que não é recomendável. Vá se desafiando aos poucos e aumentecada vez mais a rejeição ao açúcar.

7. Compartilhe a ideia

Eliminar o açúcar do dia a dia já uma tarefa muito difícil e sozinho é pior ainda. Compartilhe a ideia com amigos para que a tarefa se torne mais completa e prazerosa. Nada melhor que ter outra pessoa para trocar informações, receitas e ter uma motivação ainda maior.

8. Segura o desejo

Após alguns dias sem consumir alimentos açucarados, seu desejo por doce irá diminuir. Uma dica para auxiliar seu organismo é ingerir alimentos fermentados, como chucrute caseiro, kefir de coco ou kombucha. A acidez dessas refeições deve ajudar a contrariar seu cérebro quando ele desejar algo doce e, além disso, contribui para redução da ansiedade. Suplementos de Glutamina e L-glutaminas também são recomendados, mas consulte um médico antes antes de tomar quaisquer suplementos.

9. Faça atividades que te façam bem

A saúde não se resume apenas no que você pode ou não comer, você deve também se exercitar diariamente, claro, desde que haja comida em seu estômago. A saúde precisa também de bem estar.

10. Por partes

Bom, se você já tentou eliminar o açúcar da sua vida e não conseguiu, comece a utilizar adoçantes orgânicos e não refinados, como xarope de bordo puro, mel puro ou açúcar de coco, outras opções estão disponíveis. Estes adoçantes possuem minerais e vitaminas intactas, tornando-os menos fatigantes ao organismo, são menos viciantes e, no caso do açúcar de coco, não influenciam tanto na taxa de sangue. Stevia é uma ótima opção para aqueles que querem algo doce sem calorias ou qualquer aumento de açúcar no sangue. Saiba mais sobre.

11. Passe para próxima geração

Se uma pessoa adulta tem dificuldade de controlar o consumo de doces, imagine as crianças. Porém, se você, aos poucos, for tirando alimentos açucarados do seu filho, a reeducação alimentar se tornará mais simples. Embora seja uma tarefa difícil, seus filhos lhe agradecerão lá na frente.


 

Comentários  

 
+3 #1 2014-03-17 22:42
Parei de ingerir esse tipo de açúcar há quase 20 anos, assim como refrigerantes. Motivo: Um grande amigo me disse que açúcar fazia muito mal ao organismo, ele sempre fazia suco de banana sem açúcar, deste então, parei de usá-lo em qualquer refeição. Até os chocolates eu só compro os amargos. Não adoço café, nem chás e vivo muito bem.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail