Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Ideia é apresentar facilidades aos usuários, já que as máquinas podem ser acessadas 24 horas por dia

Se você não conhece pelo nome, com certeza já deve ter visto ou até usado uma vending machine. É um tipo de máquina de venda automática, em que o usuário só precisa colocar o dinheiro e escolher o produto que deseja (geralmente bebidas, livros e sanduíches) para recebê-lo instantaneamente. Mas, nos Estados Unidos, empreendedores tiveram a ideia de disponibilizar essa máquina para vender peças de bicicletas. Há pelo menos duas iniciativas desse tipo. Uma em Nova York, outra em Minneapolis, no estado de Minnesota.

A empresa Bikestock, uma loja especializada em bicicletas, inaugurou a máquina no Brooklyn, em Nova York. “As vendas no metrô estão indo muito bem”, afirmou ao site da revista Fast Company Matthew von Ohlen, um dos idealizadores do projeto. Os produtos variam de peças a água e energéticos.

“(A proposta) é um pouco diferente de uma loja convencional, mas é bom quando você tem uma máquina que funciona 24 horas e ela consegue resolver problemas simples rapidamente”, concluiu o empreendedor.

A outra empresa com iniciativa semelhante é a Bike Fixtation, de Minneapolis. Ambas iniciativas oferecem, além da máquina de conveniência, uma pequena estação de reparos – com ferramentas para o usuário resolver o problema ou encher seus pneus e seguir pedalando. Nos sites, os usuários podem localizar os quiosques mais próximos para que possam visitar as máquinas e estações de reparos.

Será que essa ideia pegaria no Brasil?