Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Exclusiva para parceiros, a nova moto elétrica trará redução de custos de até 70% para os entregadores e reforça o compromisso da empresa com o meio ambiente

Se preferir, vá direto ao ponto Esconder

O iFood inicia uma nova etapa para incentivo e auxílio na viabilização do uso de modais não poluentes no sistema de entregas, após testes realizados em parceria com a VOLTZ. A empresa se prepara para lançar, nas próximas semanas, de forma inédita no segmento de delivery, uma moto elétrica exclusiva aos seus parceiros entregadores.

A nova moto tem como objetivo trazer mais economia no dia a dia dos entregadores, e reduzir em até 70% os custos com combustível e manutenção, em comparação a uma moto a combustão. Além disso, a iniciativa foi desenvolvida reforçando o compromisso ambiental da empresa, trazendo soluções de impacto positivo, e se soma aos investimentos já realizados em bikes elétricas para chegar a 50% das entregas limpas até 2025. 

A pré-venda das moto elétricas oferecerá descontos e facilidades no financiamento, incluindo taxas mais baixas. Os entregadores parceiros do iFood interessados na motocicleta elétrica poderão começar a realizar a compra do veículo moderno, econômico e não poluente, a EVS Work da montadora brasileira VOLTZ. O uso do modal elétrico deve impactar positivamente no bolso do entregador ao facilitar a compra de um veículo que tem menor custo de manutenção e para rodar. Um entregador que percorre, por exemplo, 2.000 km por mês tem custo mensal em torno de R$380 de gasolina (considerando o litro a R$6,55).

Já a moto elétrica, esse custo cairia para um plano com valor fixo, considerando o sistema de troca de bateria, gerando uma economia de mais de 60% para o entregador somente em combustível. Considerando ainda a economia com a manutenção do veículo, o custo para o entregador chega a cair 70%. Além de gerar uma solução mais econômica para as entregas, a parceria tem foco em beneficiar a sociedade com a redução de emissão de CO2 nos centros urbanos. A previsão é que, até o final de 2022, cerca de 10 mil motos elétricas da parceria VOLTZ e iFood estejam nas ruas, o que poderá evitar a emissão até 30 mil toneladas de CO2 que seriam lançados na atmosfera em um ano.

 “Nosso incentivo e auxílio viabiliza a escala para o uso de mais uma opção de modal elétrico aos entregadores, impulsionando o cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 13 da ONU, que exige ações contra a mudança global do clima, além de oferecer soluções que compensam financeiramente para as nossas pessoas entregadoras”, afirma André Borges, head de sustentabilidade do iFood﹒Com essa iniciativa, o iFood mantém sua posição de pioneiro nos compromissos que envolvem inovação com viés sustentável, visando sempre trazer soluções com impacto positivo que revolucionam o mercado de delivery.

Sobre o iFood

O iFood, referência em delivery online de comida na América Latina, tem 60 milhões de pedidos mensais. Há dez anos no mercado, a empresa de origem brasileira está presente também na Colômbia. Atua junto aos parceiros com iniciativas que reúnem inteligência de negócio e soluções de gestão para os cerca de 270 mil restaurantes cadastrados em mais de mil cidades em todo o Brasil.

O iFood conta com importantes investidores, como a Movile, líder global em marketplaces móveis, e a Just Eat, uma das maiores empresas de pedidos online do mundo. Recentemente foi lançado o iFood News, portal de notícias do iFood que promove temas da atualidade como Nova Economia e conteúdos sobre as curiosidades do negócio, cases de sucesso dos parceiros além da abordagem de tendências e inovação do segmento.