Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Nova lei deve entrar em vigor até meados de 2012

O governo australiano deve anunciar mudanças nos impostos voltados aos grandes emissores de dióxido de carbono (CO2). A nova legislação, que entrará em vigor em julho de 2012, também obrigará as centrais de carbono a reduzir seus ativos progressivamente.

Enquanto há expectativa para medidas de proteção relacionadas ao setor de alumínio e do aço e incentivos para as energias renováveis, a indústria do carvão espera uma indenização de, aproximadamente, US$ 1,5 bilhão.

Os geradores de energia têm cinco anos para refinanciar seis empréstimos, que chegam ao valor de US$ 10 bilhões locais. O projeto indica que as usinas não poderão solicitar novos empréstimos, mas receberão ajuda de autoridades para favorecer a transição às energias limpas e evitar a quebra do setor.

Energias Limpas
Um pacote de US$ 3,219 bilhões foi anunciado nesta terça-feira, 5 de julho, pelo governo da Austrália, para promover energias limpas e financiar o fechamento de usinas de carvão.

De acordo com o diário The Australian, a proposta prevê que as centrais obterão uma linha de crédito e garantias para seguir operando, mas terão que reduzir progressivamente as emissões de poluentes.

Segundo fontes anônimas citadas pelo jornal, haverá falhas no sistema de abastecimento de energia no Sudeste do país, caso não seja implementado um fundo para financiar o fechamento das usinas elétricas de carvão e pagar pela redução de sua capacidade.