Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Novo equipamento irá agilizar triagem e beneficiará catadores

A cidade de São Paulo agora tem uma central mecanizada de triagem de material reciclado. A inauguração se deu no dia 6 de junho. Com o novo equipamento, os caminhões de coleta seletiva depositam os resíduos sólidos em uma área da central e, por meio de processos mecanizados, os produtos são automaticamente separados, prensados e enfardados. Desse modo, papelão, plástico, papel e metais são encaminhados com mais rapidez para as recicladoras.

Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura de São Paulo, a iniciativa faz parte de um esforço para aumentar de 1,8 para 10% o índice de reciclagem de resíduos sólidos na capital paulista – seguindo as normas da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). A verba adquirida a partir das vendas do material processado na máquina será usada em benefício dos catadores.

Trata-se da primeira central de triagem mecanizada na América Latina. Ao todo, mais três unidades totalmente mecanizadas devem ser instaladas na cidade de São Paulo. 

Números

A instalação tem capacidade para processar cerca de 80 mil toneladas de material reciclável por ano (250 toneladas/dia). Utilizando equipamentos amplamente testados em países europeus, permite separar, prensar e enfardar os materiais recolhidos na coleta seletiva, deixando–os prontos para serem comercializados pelo poder municipal. Instalada na Zona Norte da capital, funciona integrada à Estação de Transbordo Ponte Pequena, formando um complexo de 19 mil metros quadrados dedicados à gestão de resíduos na cidade.

Veja também:
Distrito de Estocolmo utiliza tubos de sucção para reaproveitar resíduos
Empresa brasileira produz copo descartável compostável