Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Site descreve a importância de deixar os rios livres de barragens para combater desafios globais com energias renováveis

Por WWF-Brasil A WWF e a TNC lançaram o site em inglês Brighter Future, delineando como podemos enfrentar a crise climática, protegendo a natureza, investindo em energias renováveis certas nos lugares certos. Agora, o WWF disponibiliza o conteúdo em português para ampliar a visão sobre a necessidade de enfrentamento de duas crises fundamentais do mundo – mudanças climáticas e perda de biodiversidade. O material mostra como podemos cumprir as metas globais de clima e energia sem prejudicar comunidades, nem obstruir rios, deixando-os fluir livremente, o que impede perdas naturais.

A energia hidrelétrica em particular – que há muito tempo é a fonte de energia renovável dominante no mundo – pode causar impactos negativos significativos nos rios e nas pessoas que dependem deles. No site Um futuro mais brilhante é possível conhecer uma gama de inovações gerada pelo setor energético para que países possam desenvolver redes de energia de baixo carbono, baixo custo e baixo conflito com comunidades, rios e natureza. 
 Para manter o aquecimento global abaixo de 1,5 graus e limitar os impactos das mudanças climáticas, precisamos avançar para zero emissões até 2050. Isso só será alcançado com uma expansão rápida e massiva das energias renováveis. A Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) projeta que a proporção global de geração de fontes renováveis precisará crescer dos atuais 38% para mais de 90% até 2050 – com os maiores aumentos vindos da energia solar e eólica.

Precisamos desenvolver as energias renováveis certas nos lugares certos. Caso contrário, esse aumento dramático nas energias renováveis pode acarretar custos altos para as comunidades e a natureza. Além disso, conflitos desencadeados por projetos de energia renovável mal planejados podem prejudicar o apoio às energias renováveis, desacelerando o ritmo de sua expansão e dificultando o cumprimento das metas.

Considere a energia hidrelétrica: muitas previsões incluem uma duplicação da capacidade hidrelétrica global até 2050. Mas as barragens hidrelétricas – particularmente aquelas em rios de fluxo livre – podem ter impactos negativos consideráveis, levando a conflitos com as pessoas e outros objetivos de desenvolvimento.
 Os rios são as artérias do nosso planeta: fornecem habitats, sustento e saciam a sede das pessoas e da natureza.

Dois bilhões de pessoas dependem diretamente dos rios para obter água potável. Mas rios saudáveis e conectados fornecem muito mais do que água. Seus benefícios extraordinários incluem comida; sedimentos e nutrientes que nutrem campos e deltas; valores recreativos, culturais e espirituais; e alguns dos ecossistemas mais ricos da Terra.
A revolução da energia renovável – possibilitada em parte pela queda do preço da geração solar e eólica e da tecnologia de bateria, em conjunto com ferramentas de planejamento abrangentes para a seleção do local – pode ser bem-sucedida por meio da identificação de caminhos de desenvolvimento que minimizem conflitos.