Estudo revela que lavagens de roupas feitas com fibras sintéticas soltam microplásticos

eCycle

Roupas sintéticas, mesmo aquelas produzidas com plástico reciclável, podem ser um grande gerador de poluição. Um estudo quantificou as microfibras soltas na lavagem de jaquetas sintéticas que vão parar no mar

Poluição dos oceanos

Muito provavelmente você possui alguma roupa sintética, feita a partir de fibras de plástico. Mas você sabia que esse tipo de roupa está gerando um grande problema para os oceanos?

Isso acontece devido a presença de microplásticos em roupas feitas de tecidos sintéticos. Esses tecidos liberam os microplásticos sempre que são lavados... Só que, após a água usada na lavagem passar por estações de tratamento de esgoto, até 40% dos microplásticos continuam presentes e vão parar em rios e oceanos.

Os microplásticos são partículas de plástico milimétricas e altamente perigosas na natureza e causam poluição principalmente em corpos d'água. As microfibras são uma categoria dos microplásticos, só que com forma fibrosa.

Um estudo realizado para a marca Patagonia por pesquisadores da Universidade da Califórnia analisou liberação de microfibras em diferentes tipos de jaquetas sintéticas, principalmente a do tipo fleece. Primeiramente, a jaqueta foi submetida a lavagem, a água foi coletada e trasportada para uma coluna de filtração. A quantidade de microfibras soltas em cada lavagem depende da intensidade da máquina e do tempo de uso da roupa. Quanto mais intensa for a lavagem e quanto mais antiga for a peça de roupa, maior será a liberação de microfibras. Os resultados mostram que se cada habitante de uma cidade com população de 100 mil pessoas resolvesse lavar uma peça de roupa sintética por dia, até 110 kg de microfibras poderiam ser lançados em corpos d’água. Isso é o equivalente a lançar 15 mil sacolas plástica nos oceanos por dia!

Vale ressaltar que esta modelagem está considerando que a água passou por tratamento (grande parte das fibras ficaram retidas) antes de chegarem à natureza, o que não não é a realidade de muitos países, como o Brasil.

As microfibras são rapidamente consumidas por animais, causando bloqueio gastrointestinal, provocando dificuldades na alimentação e fome.

As fibras podem absorver substâncias tóxicas ao longo do caminho percorrido e podem causar distúrbios reprodutivos e em órgãos.

No fim dessa cadeia estamos nós, consumindo essas espécies aquáticas e ingerindo microfibras também - os efeitos para saúde humana ainda são desconhecidos.

Ainda há necessidade de realização de mais estudos sobre os impactos e sobre o desenvolvimento de medidas mitigatórias. Mas podemos, por exemplo, praticar o consumo consciente e adquirir roupas de origem sustentável.

Visite a seção Recicle Tudo para mais informações sobre o que fazer com suas coisas antes de descartá-las no lixo e também conheça o ponto de reciclagem mais próximo de você!

Confira um vídeo explicando as consequências do microplástico no oceano.



Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail