Oito atitudes que ajudam a evitar a poluição dos oceanos

eCycle

Essas dicas podem te ajudar a ter uma atitude mais sustentável com relação ao oceano

oceano

A organização ambiental Ocean Conservancy listou oito atitudes que qualquer pessoa poderia ter para evitar a poluição de oceanos. A lista é formada por atitudes simples e até mesmo cotidianas que evitam que poluentes cheguem aos mares. Então vamos à lista:

  1. Usa garrafas de água reutilizáveis em vez de garrafinhas PET. O plástico é uma das maiores problemáticas ambientais em oceanos, sendo prejudicial para a fauna e causador de enormes prejuízos ao ecossistema - saiba mais em "Microplásticos: um dos principais poluentes dos oceanos".
  2. Escreva a políticos e a lideranças de sua região sobre iniciativas que podem evitar que os poluentes de sua cidade cheguem aos oceanos.
  3. Junte-se ao programa Singn Up to Clean Up. O programa consiste em limpar praias e abrange diversos países, inclusive o Brasil. Contudo, se você evitar jogar lixo no mar nas férias já estará contribuindo. Acesse o programa.
  4. Se você é fumante, use bituqueiras ou porta-bitucas. As bitucas não são biodegradáveis e são um grande problema ambiental. Saiba mais em "Bituca de cigarro: uma grande vilã ambiental".
  5. Separe o lixo reciclável. Adquirir esse hábito será um passo enorme para contribuir com o meio ambiente.
  6. Use caneca de café ou de água no trabalho, artigos de piquenique e sacolas de compras que sejam reutilizáveis. Itens que possam ser reutilizados inúmeras vezes evitam o consumo e o descarte excessivo de materiais.
  7. Compre menos. Isso reduz a quantidade de itens manufaturados que acabam parando nos mares.
  8. Por fim, mas não menos importante, envie emails para empresas pedindo que diminuam o volume de suas embalagens e criando novas que sejam biodegradáveis.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail