Tire dúvidas e saiba como fazer um jejum detox

eCycle

Dieta à base de sucos naturais de frutas, folhas e legumes traz benefícios ao organismo. Separamos receitas e dicas para você praticá-las com segurança e ter uma pegada leve

Jejuns à base de líquidos se popularizaram como uma forma de desintoxicar o corpo e reiniciar processos fisiológicos travados por uma alimentação não muito saudável ou por um inocente petisquinho junk que comemos de vez em quando.

Certo, mas muita gente tem dúvidas a respeito: eles funcionam? É muito trabalhoso comprar os ingredientes? Dá fome? Calma, temos as respostas para você.

Por que experimentar?

Muita gente recorre a esse tipo de jejum como um quebra-galho para emagrecer antes do fim de semana no litoral, mas esse não é um bom motivo. Pense no jejum como a porta de entrada para um vício benéfico (até porque jejum com suco é meio caro para ser feito apenas uma vez); fora que é um desafio e, se você é do tipo que gosta de impor metas para si, será ainda melhor.

Ele é uma pequena amostra de como são os benefícios de um estilo de vida verde. Muita gente percebe aumentos de energia e vitalidade, e os que fazem por dois a três dias seguidos têm o apetite aguçado. Mas, claro, durante o período de jejum, você só poderá se alimentar de líquidos.

Lembre que é sempre recomendável consultar um nutricionista antes de começar a fazer.

O que comer?

Basicamente, você vai se alimentar de frutas e vegetais frescos triturados no processador, e o que se bebe é a polpa super nutritiva. Muitos jejuns ficam só nisso, mas, dependendo da duração e das atividades, uma refeição pode ser necessária (desde que esses alimentos não sejam processados). Recomenda-se ainda que, além dos sucos, seis copos de água em temperatura ambiente sejam ingeridos por dia de jejum.

Quanto tempo jejuar?

O tempo pode variar de dois a 60 dias! Isso mesmo, dois meses para os "maratonistas" super experientes. Porém, se você está entrando nessa pela primeira vez, é muito importante começar aos poucos. A experiência pode ser relativamente intensa e, dependendo do seu estilo de vida, talvez não seja possível alongar a prática. Interromper seu jejum no meio do processo é bem pior do que completar um que seja menor. Então, via de regra, um jejum de três dias é mais do que suficiente.

Começar na sexta-feira e acabar no domingo é uma boa pedida, já que a agenda é mais flexível.

Nunca é demais lembrar que é sempre recomendável consultar um nutricionista para saber se você pode passar por esse tipo de jejum.

Você vai precisar de

O único equipamento necessário é um processador, podendo ser de qualquer marca. Caso você queira que os deliciosos smoothies e sucos saudáveis façam parte da sua rotina, é interessante comprar um de marca mais conceituada, pois, às vezes, o barato sai caro e, depois que você estiver viciado, pode ter uma crise de abstinência sem seu juicer e fazer uma loucura. Lembre-se que os modelos menores não são feitos para uso constante e podem começar a chiar após um curto período de tempo.

Quais mantimentos são necessários?

Não é nada complicado fazer compras nessa hora, já que as combinações possíveis de sabores são inúmeras. Uma boa pedida são frutas e vegetais rígidos com bastante água no interior. Exemplos são cenoura, maçã, aipo, salsão, beterraba, gengibre, laranja, limão e folhagens. Alimentos macios como banana e abacate não contêm muita água, o que não te impede de fazer suas peripécias. Frutos pequenos, como a amora, ervas e vegetais de diferentes tipos podem ser processados, e combinações inusitadas podem surpreender positivamente.

É fortemente recomendado que, uma semana antes de iniciar esse processo, seja reduzido ou até mesmo eliminado o consumo de álcool, nicotina, cafeína, açúcar, laticínios, cereais, carne, peixes e ovos.

Fazer receitas exóticas pode ser uma boa maneira de tornar a experiência do jejum mais divertida. Caso você seja old school e não esteja interessado em inovações, temos receitas no final do artigo. Também existem livros e fontes online sobre o tema.

É sempre recomendável usar frutas e vegetais orgânicos, livres de agrotóxicos.

Sobre energia e desconforto

A pergunta mais comum, compreensivelmente, é: como eu vou me sentir?

A longo prazo, esses jejuns vão te ajudar a se sentir melhor e com mais vitalidade. A curto prazo, os resultados podem variar de animado a um pouco fraco, dependendo das condições do seu organismo. Por isso, é sempre aconselhável consultar um nutricionista para saber se o seu organismo não sofrerá consequências, além de começar sempre com poucos dias de jejum. Algumas dicas boas também são:

  • Beber bastante água;
  • Manter um nível de calorias estável;
  • Não exagerar nas atividades físicas; modere.

Rotina diária

Por incrível que pareça, jejuar é mais trabalhoso do que comer, porque você precisa criar combinações que te sustentem o dia todo, fora que é preciso pensar no resultado final ao jogar os ingredientes no processador. Uma boa técnica é fazer bastante suco logo pela manhã e guardar em uma jarra de tamanho pequeno a médio (se for grande, o suco irá estragar). O processo pode levar algum tempo e é provável que você tenha que repeti-lo ao fim da tarde.

Para a maioria das pessoas, o maior desafio é manter suas calorias em um nível estável para evitar fome e fadiga, o que é possível com nove a 12 copos de suco por dia, portanto, estoque-o bem e, para a experiência não pesar no seu bolso, use cenouras e maçãs como a base da maioria das receitas, pois elas rendem bastante.

Caso você queira jejuar mais de três dias (porque você já tem experiência e conhece seus limites), considere acrescentar suplementos em pó de sua preferência, para encorpar e prover os nutrientes necessários. Algumas sugestões são:

  • Clorofila (desintoxica o fígado, ajuda a absorver cálcio, elimina toxinas, limpa o intestino e fortalece o sistema imunológico);
  • Cacau (rico em aminoácidos, eleva o bom humor por ser antidepressivo, uma vez que a fome pode te deixar irritado);
  • Geleia real (possui boa quantidade de proteínas, lipídios, vitaminas e enzimas; alimenta e regenera as células);
  • Linhaça (uma das maiores fontes na natureza de ômega 3 e ômega 6, equilibra a flora intestinal);
  • Amaranto (esse sim ajuda no emagrecimento, pois diminui o inchaço abdominal, não contém glúten e possui todos os aminoácidos essenciais ao organismo);
  • Quinoa (fonte de carboidrato de baixo índice glicêmico, que não necessita de muita produção de insulina para ser metabolizado - ou seja, nada de gordurinhas que esse hormônio em excesso causa).

É claro que, se você estiver interessado em nutrir seu organismo enquanto o desintoxica, pode usar esses bonitinhos no seu primeiro ou segundo dia de jejum. Agora, se você mal sabe por onde começar, nós da equipe eCycle separamos algumas receitas para você. Dê uma conferida:

Suco de maçã com frutos

Frutinhos pequenos são excelente fonte de vitaminas C, E e minerais.

  • 3 maçãs;
  • 140 g de suco de amora ou oxicoco (o famoso cranberry juice estrangeiro);
  • 60 g de mirtilo recém-colhido ou congelado;
  • 1 colher de sopa de psyllium em pó (um tipo de fibra, como a encontrada em ativadores intestinais do tipo Metamucil® - também pode ser encontrada sob o nome ispaghula e isapgol).

Faça o suco de maçã primeiro, utilize-o então como base para misturar todos os outros ingredientes.

Suco verde de abacaxi

Este suco ajuda a refrescar nos dias de calor, além de conter propriedades nutritivas.

  • 200 g de abacaxi;
  • 100 g de brócolis;
  • 100 g de pepino;
  • 1 kiwi.

Descasque as frutas e faça o suco. É importante tomá-lo imediatamente após ficar pronto, pois, além dele ser verde e oxidar rápido, as vitaminas também se perdem com o tempo.

Suco laranja de abacaxi e chilli

Este suco é rico em vitamina C e as enzimas do abacaxi são ótimas em dissolver muco que pode se acumular no corpo. A pimenta chilli, não apenas dá um tempero a mais, mas também acelera o metabolismo.

  • 220 g de cenoura;
  • 220 g de abacaxi;
  • Meio limão descascado;
  • Metade de uma pimenta chilli pequena.

Faça um suco com a cenoura, o abacaxi e o limão, e depois leve ao liquidificador ou ao mixer junto com a pimenta chilli e algumas pedras de gelo.

Suco de pera e gengibre

Peras são um laxante suave e o salsão age como um diurético. O gengibre promove uma boa digestão.

  • 140 g de peras;
  • 85 g de salsão;
  • 2,5 cm de gengibre.

Bata todos os ingredientes, colocando gelo para obter uma mistura cremosa.

Suco de morango e tomate

Esse drink é cheio de fitonutrientes, como o licopeno, um comprovado anticancerígeno.

  • 200 g de morango;
  • 2 a 3 tomates (400 g);
  • Algumas folhas de manjericão;
  • Limonada picante.

Maçãs e limões desintoxicantes

  • 3 maçãs;
  • Meio limão;
  • Uma pimenta amarela;
  • 16 centímetros cúbicos de gengibre.

Beba-o imediatamente após o preparo.

Suco pegada leve

Esta receita emagrecedora desperta o organismo, diminui a pressão arterial, auxilia na digestão, dá um tapa no sistema imunológico e elimina toxinas. Além de te ajudar a controlar o estresse.

  • Duas laranjas;
  • Meio limão;
  • 100 g de beterraba;
  • 100 g de espinafre;
  • 100 g de salsão;
  • 100 g de cenoura;
  • 16 cm cúbicos de gengibre.

A quantidade dessa receita rende dois copos grandes.

Smoothie rosa

Rica em vitamina C, a combinação nutritiva e saborosa de maçã com iogurte natural é muito boa para o trato digestivo.

  • Duas laranjas;
  • Uma maçã;
  • 85 g de framboesas frescas ou congeladas;
  • 85 g de morango;
  • 140 g de iogurte natural.

Prepare o suco de laranja com maçã, depois acrescente os outros ingredientes. Sirva na hora.

Smoothie de suco de laranja

Nutritivo e rico em ferro, cálcio, beta caroteno e potássio.

  • Uma cenoura de tamanho grande;
  • Uma laranja;
  • Uma banana ou meio abacate;
  • Um damasco fresco ou desidratado.

Faça o suco de cenoura e laranja e em seguida misture com a banana, o damasco e algumas pedras de gelo.

A história de Joe

Com 45 quilos de sobrepeso, que o presentearam com uma doença autoimune, Joe Cross estava, como o próprio título de seu documentário chama, "Obeso, Doente e à Beira da Morte" ("Fat, Sick & Nearly Dead", 2010).

O documentário narra a trajetória de Joe em busca da recuperação de sua saúde - mais importante que a perda de peso (nós, da equipe eCycle, não fazemos apologia a qualquer formato de corpo, mas, sim, prezamos pela saúde em primeiro lugar). Após consultar médicos e tomar remédios convencionais, nada adiantava. Joe teve então o insight de que o corpo tem sempre a habilidade de se curar. Em uma atitude radical, ele botou o pé na estrada com um processador de sucos e a promessa de fazer uma dieta de 60 dias (!) de sucos frescos, como os citados aqui.

Em uma trajetória de 4828 km pelos Estados Unidos, entrevistando pessoas sobre estilo de vida, foi em uma parada de caminhões que Joe encontrou um homem que tem a mesma doença rara que ele, Phil Staples. Com 194 kg, Phil tinha obesidade mórbida e, ao ver Joe em sua peregrinação, decidiu buscar saúde também. Ficou com vontade? Pois saiba que o documentário pode ser encontrado no Netflix, Amazon, iTunes e também no YouTube. O DVD também pode ser adquirido no site oficial. O resultado de tanto esforço pode ser visto nas entrevistas que Joe dá:



Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail

Utilizamos cookies para oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar pelo site você concorda com o uso dos mesmos. Saiba mais ×