Cerca de 80% das construções em Paris têm certificação sustentáveis

eCycle

A maior parte de museus, escolas, prédios comerciais e hospitais possuem selo verde

Segundo reportagem de Gustavo Bonfigliol, do jornal O Estado de S.Paulo, a cidade de Paris possui cerca de 80% das escolas, hospitais, museus e edifícios comerciais, além da metade das habitações da cidade, com certificação de sustentabilidade, uma espécie de selo verde das construções. Tanto o certificado quanto o cálculo de impacto ambiental dos produtos usados nas obras foram adotados como política pública.

Criado em 1996, o selo HQE é considerado uma das principais certificações da construção civil no mundo. Para recebê-lo, a construção precisa atender a 14 critérios, como ter um canteiro de obras de baixo impacto e fazer o manejo da água adequado.

Em prédios já construídos, as modificações são feitas com o cuidado de não alterar características do patrimônio. “Aproveita-se o que é atual sob o ponto de vista de eficiência e tenta-se substituir o que é obsoleto, interferindo o mínimo possível na estrutura”, explicou ao jornal Ana Cunha, engenheira portuguesa da Qualitel, ONG responsável pela certificação de residências em Paris. “Na performance energética, é mais fácil não interferir. E reformas para melhora acústica podem ficar limitadas.”

O HQE foi incorporado ao Plano de Ação Climática de Paris. “A meta é reduzir o consumo de energia em 25% entre 2004 e 2020”, projetou o secretário de Emprego e Desenvolvimento Econômico, Christian Sautter. A certificação sustentável já chegou ao Brasil, com a sigla Aqua. A responsável pela concessão é a Fundação Vanzolini.

Fonte: www.ecodesenvolvimento.org.br


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail