Veículos elétricos poluem menos até quando usam energia gerada por carvão

eCycle

A conclusão é de um estudo feito pela Universidade de Stanford e pela Renault e não englobou apenas a emissão dos veículos, mas também vários aspectos de sua produção

Que os carros elétricos poluem menos que aqueles movidos a diesel e gasolina parece já ser um fato bastante conhecido. Mas existem algumas particularidades interessantes nesta conclusão e conhecê-las pode nos fazer entender que muitos avanços são necessários para que essa alternativa possa ser ainda mais sustentável nos próximos anos.

Foi esse o sentido de um estudo realizado pela Universidade de Stanford, localizada na Califórnia, nos EUA, e pela montadora de veículos francesa Renault. A pesquisa não englobou apenas a emissão dos veículos a partir do momento que estão nas ruas, mas também levou em consideração vários aspectos da produção destes.

Segundo o estudo, o processo de manufatura do carro elétrico causa maior emissão do que o processo dos carros a diesel e gasolina. Isso se dá por conta da bateria Li-ion (íon-lítio). Sem a bateria, o nível de emissão seria praticamente o mesmo. Porém, esse aumento de emissões no processo de manufatura é mais do que compensado pelo fato de os carros elétricos emitirem muito menos poluição durante seu ciclo de vida.

Vale lembrar que o Departamento de Energia dos EUA calculou que um típico carro elétrico consegue rodar 70 quilômetros com US$ 1 de eletricidade (cerca de 1,4 centavo de dólar por quilômetro). Outra vantagem dos carros elétricos é que as baterias são recarregáveis e se reciclam. Quase 100% das baterias podem ser recicladas, o que evita que as baterias velhas se transformem num problema de descarte de lixo.

Os veículos elétricos são mais limpos do que os movidos a diesel e gasolina até mesmo quando usam carvão para gerar eletricidade. E essa é uma tendência definitiva, uma vez que os veículos elétricos estão cada vez mais “limpos”. Segundo dados do EIA (Energy Information Administration), o mercado de energia extraída de carvão mineral para veículos elétricos tem ficado com fatias menores do mercado a cada ano, desde 2009. Em 2012, chegou a 37%.

Outra grande vantagem dos carros elétricos é que eles não precisam necessariamente do carvão. A recarga pode ser feita por diversas fontes, uma vez que a eletricidade também pode ser gerada por várias fontes, como nuclear, hidrelétrica, solar e eólica.

Veja também:
-Projeto de recarga para carros elétricos passa por fase de testes em São Paulo 
-
Baterias de carros elétricos podem se tornar geradores de energia para uso doméstico


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail