Construção do primeiro apartamento móvel é finalizada na Finlândia

eCycle

Obra utiliza material inovador e promete revolucionar o setor

Um grupo finlandês de arquitetos construiu o primeiro prédio móvel de apartamentos do mundo. Os três andares da construção, feita de aço, resultam em 12 metros de altura, 33 de largura e 220 toneladas. O prédio, montado em um armazém de estaleiro, foi transferido para um local à beira mar, em Turku, Finlândia.

A NEAPO, responsável pela construção e mudança do prédio, é uma empresa de arquitetura e construção, com raízes na indústria naval. Por isso, o fato de mover um objeto de aço de tamanha proporção não foi novidade. Para erguer a obra, a mesma equipe que desenhou o prédio utilizou uma estrutura de aço patenteada, desenvolvida para uso em construção modular - estrutura funcional especialmente aplicável em construções que requerem rigidez horizontal e vertical combinada com baixo peso nominal. Essa estrutura em aço, chamada de FIXCEL®, utiliza tecnologia de produção de costura tripla, unindo perfis de aço galvanizado a aço quente, formando assim uma carga e estrutura como um "sanduíche" de aço, resistente a corrosão.

Pisos, paredes, pavimentos e coberturas intermediárias são aplicações típicas para este material extremamente sólido, que proporciona uma superfície uniforme para o isolamento externo e acabamentos de superfície interna. Estruturas de telhado FIXCEL® podem ser instaladas sem o apoio de vigas ou treliças. O material, 100% reciclável, faz do produto uma solução extremamente ecológica, além de resultar em uma construção de baixo consumo energético. Outro detalhe importante é que ele não é corrosivo.

A intenção da NEAPO é que esse material ajude a revolucionar a arquitetura e o setor da construção civil, permitindo que prédios inteiros sejam construídos e, ao término da obra, possam ser transferidos para um local definitivo, ou em alguns casos, que se habilite a várias mudanças de cidade.

Um fator importante nesse tipo de construção é que mesmo com chuva não há tempo perdido, pois a obra acontece dentro de um espaço fechado. Dessa forma se evita o processo comum a toda obra, que é o contato com a natureza, minimizando assim os danos usuais causados pelos canteiros de obras.

Dessa forma a NEAPO mantém a sua pegada leve, pois em projetos com essas características ela não produz resíduos, usa energia eólica e utiliza materiais recicláveis. O próprio FIXCEL® possui uma pegada de carbono cerca de 60% menor, se comparado a produtos similares usados pelo restante da indústria.


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail