Empresa desenvolve bitucas de cigarro biodegradáveis

eCycle

Segundo a empresa, as bitucas de cigarro são a fonte número um de lixo em todo o mundo

Descartar bitucas de cigarro de forma incorreta, infelizmente, ainda é um ato bem comum em todo o mundo, ainda mais se considerarmos o impressionante número de 1,6 bilhão de fumantes em todo o planeta, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Mas existe uma empresa que tentou algo inusitado para amenizar os danos que tal ato pode causar: produzir bitucas de cigarro a partir de fibras naturais e sem a utilização de nenhum produto químico nocivo ou ligante artificial. A empresa em questão é a Greenbutts (Bitucas Verdes, em tradução livre).

Greenbutts averiguou que cinco trilhões de bitucas de cigarro se tornam lixo todos os anos e a maioria é feita a partir de filtros sintéticos e resistente à degradação. Ainda de acordo com a empresa, uma bituca de cigarro pode levar de 10 a 15 anos para se desfazer, pois é produzida a partir de acetato de celulose, um material sintético de difícil degradação (veja mais aqui).

Em 2012, o International Coastal Cleanup, instituição que defende a limpeza de oceanos e informa sobre os principais resíduos ofensores encontrados em zonas costeiras, liberou 25 anos de dados (de 1987-2012), que indicam que os cigarros e suas bitucas são o tipo de lixo mais encontrado e coletado no mundo em tais ambientes. A quantidade mínima de coleta desses resíduos é duas vezes maior do que qualquer outra categoria.

Sabendo de tais dados, a Greenbutts decidiu produzir uma patente de um filtro feito com mistura de materiais naturais, como linho, cânhamo, algodão e aglutinante à base de amido natural. 

A diferença entre o filtro de cigarro sintético de acetato de celulose e o Greenbutts de fibras naturais é que, se por acaso os filtros forem descartados de forma irresponsável, os feitos com componentes naturais vão se desintegrar rapidamente, evitando a criação de ainda mais poluição.

O objetivo da empresa é de disponibilizar os Greenbutts como uma opção no mercado no ano de 2014. Será vendido internacionalmente como uma alternativa aos filtros de acetato de celulose.

Confira o vídeo abaixo (em inglês) para mais informações:

Veja também:
-Soluções para o descarte da bituca de cigarro
-Bituca de cigarro: uma grande vilã ambiental
-Empresa americana transforma bitucas de cigarro em plástico por meio de programa de reciclagem 


 

Comentários  

 
-2 #1 2013-12-02 20:21
Ao invés de investir para o fim deste vício asqueroso, desenvolvem filtros para que os fumantes se sintam menos culpados... Que pena...
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail