Cadeira de balanço combina energia solar com força humana para recarregar aparelhos

eCycle

Grupo de estudantes do Massachusetts Institute of Technology (MIT) desenvolveu objeto com ajuda de orientadora

Você já deve ter visto uma cadeira de balanço, mesmo que tenha sido numa foto antiga da casa de seus avós. Essas cadeiras eram muito comuns em momentos de lazer, em que as pessoas descansavam lendo um livro ou apenas relaxando. Apesar de serem pouco comuns, elas ainda existem.

Agora imagine uma cadeira que, além de servir para balançar, também é uma espreguiçadeira e produtora de energia. Esse é o projeto dos alunos de arquitetura do Massachusetts Institute of Technology (MIT), liderado pela professora Sheila Kennedy. Eles desenvolveram uma cadeira de balanço que combina energia solar com a energia produzida pelo movimento de balançar da pessoa para poder recarregar aparelhos eletrônicos, como iPod, iPad, iPhone, entre outros.

“Soft rocker”, como é chamado, foi projetado para o Festival de Arte, Ciência e Tecnologia (FAST). É considerada pela sua criadora e pelas pessoas que a experimentaram como uma solução contra a infraestrutura rígida e convencional que os fabricantes de móveis usam para construir.

O projeto foi desenhado na forma de uma gota de água. A curva dessa gota é coberta por painéis solares. E a cadeira gira no próprio eixo para manter-se virada sempre com a face das placas para o sol, com o intuito de captar a luz e transformá-la em energia. Os painéis solares armazenam 12 horas de energia nas suas baterias durante o dia. E isso é suficiente, segundo a própria inventora, para carregar simultaneamente três iPhones em cerca de quatro horas.

E junto disso há uma energia adicional produzida pelo balançar da pessoa que está dentro da cadeira. Toda essa energia colhida pelo sol e força humana pode ser usada para recarregar os aparelhos por meio de três entradas USB que ficam no seu interior. Quando anoitece, essa energia acumulada serve para iluminar uma faixa de luz que fica atrás da pessoa, deixando o projeto ainda mais bonito.

Pinheiro

A cadeira foi feita com madeira retirada da árvore Pinus Elliotti, espécie exótica originária dos Estados Unidos e que pode alcançar 30 metros de altura. Trata-se de um tipo de pinheiro com rápido crescimento e que proporciona uma grande produção de madeira em um curto espaço de tempo. Essa madeira é oriunda de florestas renováveis e surge como uma das mais econômicas alternativas para o abastecimento do mercado nacional.

Sheila Kennedy e seu time de estudantes usaram ferramentas para juntar, em um só produto, o conforto da cadeira que serve de balanço e espreguiçadeira, aliado à funcionalidade de carregar aparelhos usando energia limpa. Ainda não há previsão de lançamento do produto no mercado.

Depois de exposto no FAST, os “soft rockers” foram colocados no jardim do campus do MIT para os estudantes usarem. Eles aproveitam para dar uma pausa nos estudos e recarregarem suas energias e a dos seus aparelhos.

Veja também:
-Segunda versão de avião movido a energia solar fará voos em 2014
-Rua sustentável é inaugurada nos EUA


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail