Grandes times brasileiros vestem a camisa da sustentabilidade com projetos voltados para o meio ambiente

eCycle

Internacional, Corinthians e Palmeiras formam um grupo que faz bonito jogando contra o aquecimento global

O futebol é o esporte que representa o Brasil mundialmente, mas dentro do país a rivalidade dos clubes cedeu um pouco de espaço para o compromisso ambiental. Times de futebol, como Internacional, Corinthians e Palmeiras, tomaram atitudes para retribuir toda essa paixão não somente com gols.

O primeiro caso é o do time de Porto Alegre. A reforma do estádio do Beira-Rio já foi iniciada devido aos preparativos para a Copa do Mundo de 2014 (o estádio será uma das sedes) e uma das propostas tem como foco central a questão da sustentabilidade. O projeto prevê que toda a água proveniente de chuvas possa ser reaproveitada, tanto na rega do gramado e dos jardins, como na limpeza de áreas externas e nas descargas dos sanitários.

A água será coletada pela cobertura do estádio para ser armazenada  somente no setor  subterrâneo, onde sofrerá o processo de filtragem para ser direcionada a diferentes usos. O projeto prevê substituição parcial do uso da rede pública de abastecimento e tem capacidade de armazenar mais de um milhão de litros de água.

Rivais paulistas

Outros dois times que também tomaram uma atitude mais sustentável foram os grandes rivais paulistas: Corinthians e Palmeiras. Eles jogam juntos com o Banco Cruzeiro do Sul quando se trata de um projeto de carboneutralização (captura de gases do efeito estufa por meio do plantio de árvores), chamado “Jogando pelo Meio Ambiente” (JPMA).

O Banco Cruzeiro do Sul criou uma reserva ambiental e vem plantando árvores nativas da Mata Atlântica. Onde os times entram nisso?  De acordo com o desempenho de ambas as equipes, é plantado um certo numero de árvores. O esquema é o seguinte: quando qualquer um dos times entra em campo (não importa o rival), 100 árvores são plantadas. A cada gol do Palmeiras ou do Corinthians, outra centena de mudas é plantada. O mesmo ocorre se uma das equipes passar um jogo inteiro sem tomar gols. Se há uma defesa de pênalti, o número dobra: 200 árvores são plantadas. Somente no ano de 2010, quando se iniciou o projeto, foram plantadas 23 mil árvores. Conforme um placar disposto no site do JPMA ao fim de 2011, o número geral chegou a cerca de 50 mil novas mudas plantadas.


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail