Termelétrica Uruguaiana é reativada. O que você tem a ver com isso?

eCycle

Entenda quais são os riscos para o meio ambiente desse tipo de usina e o que você pode fazer a respeito

Todo verão é a mesma coisa. O consumo de energia atinge o seu pico máximo e a demanda é maior do que a produção. Temos, como consequência, os já conhecidos “apagões”. E se há um consumo maior, há a necessidade de se produzir mais. Com pouca chuva, as hidrelétricas, que produzem energia limpa,  não dão conta do recado.

Geralmente, as hidrelétricas (que constituem nossa principal matriz energética) conseguem dar conta do recado, mas nem sempre é assim. “No cenário normal, esta fonte consegue suprir a demanda do país. Entretanto, quando há períodos de estiagem e seca, como o que atravessamos atualmente, os níveis dos reservatórios diminuem e a produção de energia através das hidrelétricas fica prejudicada. Uma vez que a produção hidrelétrica é reduzida, entram em cena as termelétricas, para suprir essa parcela de demanda que deixará de ser atendida”, explica o engenheiro ambiental Gabriel Fenerich.

Para evitar os apagões e reforçar o suprimento de energia, o Governo Federal anunciou a reativação da Termelétrica Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. Segundo informações oficiais, ela será utilizada nos meses de março e abril deste ano.

Mas, afinal, o que são usinas termelétricas?

As usinas termelétricas são instalações que se utilizam do calor para produzir energia. Para gerar calor, elas podem utilizar diversas fontes, como biomassa, energia nuclear e de combustíveis fósseis. A usina termelétrica Uruguaiana utiliza como combustível o gás natural, que é um combustível fóssil, sendo uma fonte de energia não-renovável. “Quando comparado a outros combustíveis, o gás natural, na combustão, gera uma gama menor de substâncias poluentes ou danosas à saúde humana. Isso não quer dizer que não haja problemas”, ressalta o engenheiro (veja mais sobre combustíveis fósseis aqui).

E quais são os riscos das termelétricas para o meio ambiente?

Apesar de ser considerado o método "mais limpo" dentre os que têm combustíveis fósseis como matéri-prima, a utilização de térmelétricas de gás natural causa danos ao meio ambiente. Fenerich elenca os possíveis riscos em três categorias:

1. Riscos relacionados à combustão
Engloba os danos causados pela liberação de poluentes na atmosfera: “ numa queima controlada e ajustada, são gerados, como produtos da combustão, gás carbônico e vapor d'água, sendo que o CO2 é um dos compostos que agravam o efeito estufa”, explica.

2. Riscos relacionados a acidentes na planta
Diz respeito a acidentes que ocorrem nas instalações, como explosões de caldeira, rompimento de tubulações, incêndios, problemas nos gasodutos.

3. Riscos considerando toda a cadeia produtiva
Podem ser apontados, por exemplo, problemas e vazamentos nas plataformas de extração, gasodutos e cadeia de transporte.

(Confira também um estudo de Karina Ribeiro Salomon, em que aborda os impactos causados pelas termelétricas)

Além dos riscos, a negligência de empresas de energia colabora para que eles se tornem realidade. É o caso da poluição do Rio Dan, na Carolina do Norte (EUA), por cinzas de carvão - resíduo da queima de carvão como fonte de calor para geração de energia. Os resíduos da empresa Duke Energy estão sufocando animais que vivem no leito do rio, como tartarugas que estão em hibernação (veja matéria completa em inglês).

E o que eu tenho a ver com isso?

Se as termelétricas são acionadas pelo aumento de consumo, você tem muito a ver com isso. Economizar  é a palavra-chave. Veja aqui as dicas que o Portal eCycle para consumir energia de maneira mais consciente.

O acionamento de termelétricas é caro demais: no final, quem paga a conta é o consumidor e o meio ambiente.

Veja também:
-Escócia terá maior complexo eólico do mundo
-EUA e Dinamarca apontam caminhos para a viabilidade da energia eólica
-Maior usina solar do mundo é inaugurada nos EUA


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail