Surpreenda-se com cinco coisas presentes em casa que são tão sujas quanto o vaso sanitário

eCycle

Esponja, torneira, escova de dentes, toalha e controle remoto são tão sujos quanto um assento do vaso sanitário

Controle remoto

Por motivos óbvios, o banheiro é considerado o local mais sujo da casa, afinal, é lá que "deixamos" toda a nossa sujeira, seja na hora do banho, ou no momento de fazer as necessidades fisiológicas. Assim, germes e bactérias podem se proliferar rapidamente nesse espaço. O "campeão" é o vaso sanitário, mas não é só nele e nem apenas no banheiro que a sujeira se concentra no ambiente doméstico.

A eCycle lhe apresenta a seguir cinco objetos sujos em sua casa que você precisa se preocupar para evitar a proliferação de microorganismos:

Esponjas

As esponjas de banho e cozinha, como têm a função de limpar e estão em contato direto com a pele e a louça, estão sujeitas a atraírem diversos germes e bactérias. E não é só isso - pode-se dizer que esses itens são o paraíso desses microorganismos. Parece exagero, mas é possível que, dependendo do estado da esponja, ela esteja mais contaminada do que o próprio assento do vaso sanitário da sua casa. Para evitar isso, aprenda métodos de como descontaminar sua esponja de cozinha.

Torneira da pia

Quando você está cozinhando um frango para o almoço ou jantar, você leva-o, ainda cru, para uma panela. Depois disso, abre a torneira da sua pia para lavar as mãos com sabão. Em seguida, continua a cozinhar. Esse método parece não ter nenhum problema, mas tem. Acontece que, ao realizar esse processo simples, a parte viscosa do frango cru que estava em suas mãos penetra no interior da torneira. E, apesar de ser o mecanismo que permite a limpeza da louça, ela quase nunca é higienizada. Por isso que, em situações como essa, sua torneira se transforma em uma legítima fábrica de bactérias. Para se prevenir, limpe sua torneira com água e vinagre branco, utilizando uma bucha natural desinfetada e uma escova de dentes antiga (veja mais).

Escovas de dente

É muito importante que você escolha um bom lugar para guardar sua escova de dentes - de preferência, longe do vaso sanitário. Isso porque caso os dois fiquem perto um do outro, a bactéria E.coli pode migrar do vaso para a sua escova. Lave sua escova antes e após o uso para remover qualquer sujeira. Se possível, faça a imersão da escova em um antisséptico bucal durante a noite. Outra opção eficiente é a colocação da escova de dente no microondas durante sete minutos para eliminar as bactérias (veja aqui um estudo sobre a esterilização de escovas dentais em fornos de microondas). E se a sua escova estiver em condições ruins, aproveite-a na limpeza do dia-a-dia.

Toalhas

Toda vez que você se enxuga com uma toalha de banho, células mortas da pele do seu corpo se mantêm no tecido e acabam se tornando alimento para as bactérias que costumam se desenvolver em ambientes úmidos. E se você reutiliza uma toalha suja, as bactérias podem se transferir de volta para seu corpo, proliferarem-se, e serem responsáveis por infecções, principalmente se a variante estafilococos entrar em contato com a pele. Para limpar suas tolhas, lave-as em água quente, pelo menos, uma vez por semana.

Controle remoto

Apesar de não costumar ser encontrado no banheiro ou na cozinha, o controle remoto é um local ótimo para as bactérias fazerem a festa. Ainda mais se ele não for limpo com frequência. Toda vez que uma pessoa se alimenta em frente à televisão, milhares de bactérias estão se espalhando pelo seu controle remoto. Por isso, é necessário que você faça, uma vez por mês, um esforço a mais para abrir o pequeno aparelho e limpar todas as peças individualmente, incluindo os botões de plástico (com uma escova de dentes antiga e um pouco de vinagre). Fazendo isso, você poderá navegar pelos canais com segurança.

Confira no vídeo abaixo (em inglês) dez coisas que são mais sujas que um assento do vaso sanitário:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail