Varejista vai se tornar a primeira do ramo a vender apenas lâmpadas LED

eCycle

Rede sueca IKEA vai parar de vender lâmpadas que não sejam LED a partir de 2016

A empresa varejista de produtos para casa IKEA, muito popular nos EUA, tem planos para vender somente luzes LED a partir 2016. Ao propor isso, torna-se a primeira empresa a fazer um anúncio como esse nos Estados Unidos, o que pode influenciar novas companhias  a seguirem o mesmo caminho. Essa decisão é só uma parte da estratégia de promover a sustentabilidade nessa gigante do setor. A IKEA também baniu as lâmpadas incandescentes e as sacolas plásticas do seu mercado.

Para tomar a decisão de acabar com a venda de outros modelos de lâmpadas, a empresa tem o incentivo do resultado de uma pesquisa realizada por ela própria e pela Wakefield Research. Essa pesquisa revela que metade dos americanos entrevistados tem sofrido um aumento em suas contas de energia elétrica nos últimos dois anos. Um dos motivos desse crescimento é o fato de os consumidores usarem as lâmpadas incandescentes, que consomem muito mais energia do que as fluorescentes, além de terem reciclagem bastante dificultada na prática.

Segundo dados da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, uma lâmpada incandescente com potência de 60 watts que fique ligada quatro horas por dia, consome em média 7,2 kW/h a cada mês. Já uma fluorescente consome 1,8 kWh/mês, ou seja, uma economia de 75%.

LED

As lâmpadas LED, por sua vez, se diferenciam por seu baixo consumo energético o que significa também redução nas taxas de emissão de CO2 (dióxido de carbono), sobretudo em países em que a matriz energética se baseia em energias fósseis. De acordo com a própria IKEA, as luzes LED conseguem cortar de 50% a 90% os custos de iluminação, possuem vida útil de 20 anos ou 50 mil horas, de oito a dez vezes mais do que as fluorescentes compactas. Outra característica importante para a venda de LED foi notada na pesquisa, em que apenas 27% dos americanos entrevistados sabiam da durabilidade de 20 anos das lâmpadas LED.

Essa decisão da IKEA faz parte de uma série de mudanças que vêm ocorrendo de uns anos pra cá, em que a preocupação com o compromisso ambiental está se tornando impossível de ser evitada por empresas, em grande medida devido à pressão da sociedade.



 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail