Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Pesquisa feita pela Endocrine Society analisa o uso de cogumelo do sol no tratamento do câncer de próstata

Cogumelo do sol previne câncer de próstata? Pesquisas buscam responder a essa pergunta, cujas respostas poderiam salvar a vida de muitas pessoas pelo mundo. 

Cogumelos medicinais são usados na Ásia por anos para o tratamento de diversas condições e doenças, inclusive o câncer. Os fungos são usados há mais de 30 anos no Japão e na China para o tratamento de câncer sozinhos ou seguidos de radiação e quimioterapia. 

O que a ciência diz a respeito? 

Alguns tipos de cogumelo, como o cogumelo-cauda-de-peru, contêm dois tipos de polissacarídeos (polissacarídeo-K e polissacarídeos ligados à proteínas) que são agentes de reforço do sistema imunológico. 

Os polissacarídeos ligados à proteínas (PSP), por exemplo, aumentam o número de monócitos. Um tipo de célula do sistema imunológico que defende o organismo de vírus e bactérias. O polissacarídeo-K (PSK) estimula células dendríticas que ajudam na imunidade a toxinas.

Por conta de suas propriedades no fortalecimento do sistema imunológico, o cogumelo-cauda-de-peru é usado no tratamento de câncer em países como Japão e China. Um estudo publicado em 2012 concluiu que o polissacarídeo-K, encontrado no cogumelo-cauda-de-peru, suprime o crescimento e a propagação de células do câncer de cólon. 

Um outro estudo, publicado na revista Endocrine Society, testou a ação de químicos encontrados no cogumelo do sol contra hormônios relativos ao câncer.

O andrógeno, hormônio masculino, promove o crescimento de células do câncer de próstata. Isso ocorre porque ele se conecta e ativa o seu receptor — uma proteína que é expressa nas células da próstata. 

A pesquisa teve a intenção de comprovar a supressão da atividade do receptor do andrógeno pelo uso do cogumelo de sol. O pó de cogumelo do sol foi testado em pacientes com câncer de próstata recorrente. Foi comprovado que o fungo reduz o antígeno prostático específico (PSA) no sangue com poucos efeitos colaterais. 

Também foi estudado o efeito do cogumelo em ratos de laboratório. Os ratos foram implantados com tumores de próstata humanos e tratados com o extrato de cogumelo de sol por seis dias. O estudo comprovou que o crescimento do tumor foi suprimido e que os níveis de PSA reduziram. 

O que isso significa para o futuro do tratamento do câncer?

A pesquisa ainda precisa ser aprimorada e mais testes ainda precisam ser feitos para ter certeza do sucesso do cogumelo do sol no tratamento do câncer de próstata. Contudo, os cientistas e médicos envolvidos com esse tema estão otimistas com os resultados das pesquisas até o momento. Eles acham que o cogumelo do sol pode vir a ser usado futuramente na prevenção e no tratamento do câncer de próstata.