Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

100 unidades serão produzidas para testes. Eles devem dar mais segurança e conforto aos usuários

Veículos que dirigem sozinhos parecem coisa de ficção, não é mesmo? Mas a mais nova tecnologia que está sendo desenvolvida pelo Google é um carro elétrico que não tem volante, embreagem, freio e nem motorista.

O protótipo, que tem dois assentos, é um carro conectado ao smartphone do usuário. Ele segue rotas delimitadas pelo aparelho e respeita o trânsito por meio de sensores de identificação de pedestres e de outros veículos.

O painel, em vez de possuir milhares de funções, tem apenas dois botões: um para ligar e outro para desligar o automóvel em caso de emergência. Resumidamente, basta entrar e estabelecer a rota que o carro te leva ao destino sem qualquer esforço adicional.

Com uma bateria que tem autonomia de 160 km, o veículo pode atingir 40 km/h e é voltado apenas para circular em áreas urbanas.

Uma das ideias por trás da iniciativa da empresa visa diminuir a quantidade de acidentes de trânsito, aumentando o conforto do passageiro. “Vamos trabalhar com parceiros para trazer essa tecnologia para o mundo com segurança nos próximos anos”, afirma Chris Urmson, diretor de projetos da Google.

Se você se empolgou com a ideia, vai ter que esperar um pouco. Apenas 100 unidades do veículo serão produzidas para testes. Projeta-se que eles possam ser usados para substituir táxis no futuro.

Confira no vídeo abaixo:

Fonte: EcoD

Veja também:
Fundo criado por Google investirá US$ 250 mi para popularizar energia solar
Com carro da “Idade da Pedra”, Greenpeace lança campanha para desenvolvimento sustentável de automóveis no Brasil