Como fazer limpeza de pele com argila

eCycle

A limpeza de pele com argila proporciona uma série de benefícios para a saúde. Entenda e saiba qual é melhor tipo para você

como fazer limpeza de pele com argila
Imagem editada e redimensionada de Monika Izdebska, está disponível no Unsplash

A limpeza de pele com argila pode ser feita em todos tipos de pele e proporciona benefícios que podem percebidos logo na primeira vez de uso. Se a pele for mais oleosa e acneica, é indicado usar argila verde, se for mais sensível, recomenda-se a utilização de argila branca. Mas a limpeza de pele com argila também pode ser feita com as argilas bege e rosa. Entenda como a argila age na pele e saiba qual é melhor tipo para usar na sua limpeza de pele:

Limpeza de pele com argila verde

A argila verde é encontrada na forma de pó, portanto, para fazer a limpeza de pele com argila misture-a com água pura, hidrolatos ou soro fisiológico. A argila sozinha já contém uma quantidade de nutrientes necessária, não sendo necessário misturá-la com cremes. Utilize sempre recipientes de vidro ou cerâmica para fazer a pasta, pois os de metal podem interferir nos minerais contidos na argila.

Adicione, aos pouquinhos, água filtrada em uma colher de sopa de argila verde até formar uma pasta.

Aplique a mistura de argila em toda região do rosto exceto boca e região em torno dos olhos e deixe-a até que ela seque (em torno de 20 minutos). Retire a argila com água morna e seque.

É normal a pele ficar avermelhada após a finalização da limpeza de pele com argila - se preferir, finalize com um hidratante para aliviar o ardor e a vermelhidão. A máscara pode ser feita a cada duas semanas. Já os produtos a base de argilas, como sabonetes, podem ser usados diariamente. Prefira usá-la de noite, para evitar agressões causadas pelos raios solares.

Para a limpeza de pele com argila no corpo, aplique a pasta de argila na região afetada ou contundida e deixe agir por volta de uma hora, retire-a assim que secar. O procedimento pode ser feito mais de uma vez por dia.

Na limpeza de pele do couro cabeludo, a argila irá remover a oleosidade e os fios poderão ficar ressecados. Portanto aplique somente no couro cabeludo úmido e deixe agir por volta de 20 minutos. A aplicação da argila verde por todo o comprimento dos fios só deve ser feita em casos de cabelos muito oleosos, onde a oleosidade não se limita apenas ao couro cabeludo. Não esfregue a pasta de argila nos fios, pois o atrito poderá danificá-los. A pasta desliza naturalmente sobre os fios sem adição de força. Para melhores resultados você pode finalizar o tratamento com óleos vegetais, veja qual o mais adequado para a finalidade desejada e aplique após a remoção da argila.

Como as argilas são consideradas anti-resíduos, elas proporcionam uma limpeza profunda na pele do couro cabeludo. Para cabelos que contêm químicas, como nos processos de relaxamento e alisamento, a aplicação da argila deve ser feita dois meses após o procedimento químico, pois ela poderá remover certas substâncias que estão contidas nesse processo. Já para aqueles que desejam remover essas substâncias por conta de alergias ou irritação, a argila verde é indicada. Basta aplicá-la por toda a região onde foi realizado o procedimento.

Você pode fazer a limpeza de pele do couro cabeludo com argila verde uma vez por semana ou a cada 15 dias. Vale ressaltar que, para tais benefícios, a argila deve ser natural e pura, livre de substâncias químicas nocivas à saúde.

A argila verde é a que possui a maior diversidade de elementos, como óxido de ferro associado a magnésio, cálcio, potássio, manganês, fósforo, zinco, alumínio, silício, cobre, selênio, cobalto e molibdênio.

A argila verde apresenta pH neutro, grande função absorvente, combate edemas, é secativa, emoliente, antisséptica, bactericida, analgésica e cicatrizante. Oxigena as células, é esfoliante suave, promove a desintoxicação e regula a produção sebácea.

Ela ainda possui ação adstringente, tonificante e remineralizante. A presença do ferro tem papel importante na respiração celular e na transferência de elétrons, deixando a pele hidratada, revitalizada e firme.

É a argila mais eficaz para fazer limpeza em peles oleosas e com acnes, pois tem ação secativa, anti-inflamatória e grande capacidade de absorção, sorvendo o excesso de oleosidade e regulando a produção sebácea.

A argila verde é que desintoxica e age como um leve esfoliante, eliminando toxinas e favorecendo a renovação celular, além de suavizar a aparência de manchas causadas pelas espinhas. Portanto, se você sofre com os problemas de acnes, a argila verde é a cor perfeita!

O silício presente nesse tipo de argila tem papel fundamental na reconstituição dos tecidos da pele e na defesa do tecido conjuntivo, é cicatrizante e regenerador, auxiliando na redução de inflamações - ele é bom para tratamento de ferimentos, edemas e contusões.

A argila verde aplicada no corpo pode trazer alívio de dores articulares e muscular devido à propriedade analgésica e anti-inflamatória. Ajuda a melhorar a circulação sanguínea e alivia problemas abdominais.

Nos tratamentos estéticos em clínicas e spas, a argila verde é utilizada para a redução de medidas, queima as gorduras localizadas e diminuição de celulites. Quando aplicada em regiões com estrias, a argila verde suaviza a aparência das marcas.

Para os cabelos, a máscara capilar com argila verde é indicada para cabelos normais ou oleosos, pois ela irá absorver a oleosidade do couro cabeludo. Por ser desintoxicante e adstringente, é boa também nos tratamentos anticaspa e antisseborreico.

Limpeza de pele com argila branca

A argila branca é originária de rochas sedimentares sílico-alumínicas e rica em diversos compostos minerais, mas principalmente em alumínio, sílica e caulinita, que são responsáveis por suas propriedades. As argilas amazônicas são tipos de argila que se destacam por serem ricas em fito-ativos repletos de propriedades cosméticas, uma delas é a argila branca da Amazônia. Formada nas ribanceiras dos rios após as inundações provocadas em época de chuva, é uma argila rica em ferro, alumínio, boro, potássio, cálcio e enxofre.

A limpeza de pele com argila branca deve ser feita da mesma forma que a limpeza de pele com argila verde. Aplique a pasta formada pela argila em pó e o soro fisiológico (ou água filtrada ou hidrolatos) por toda face, exceto na região dos olhos e boca e deixe agir por 20 minutos antes de removê-la com água. A limpeza de pele com argila pode ser feita a cada duas semanas. Produtos a base de argilas, como sabonetes, podem ser usados diariamente.

A limpeza de pele do couro cabeludo com argila branca deve ser aplicada no cabelo úmido, massageando o couro cabeludo lentamente e deixando agir por volta de 20 minutos. Não esfregue a pasta de argila branca nos fios pois o atrito poderá danificá-los. A pasta desliza naturalmente sobre os fios sem adição de força. Para melhores resultados você pode finalizar o tratamento com óleos vegetais, veja qual o mais adequado para a finalidade desejada e aplique após a remoção da argila.

Assim como a argila verde, a argila branca age como um anti-resíduos, e proporciona uma limpeza profunda da pele do couro cabeludo removendo resíduos de relaxamentos e alisamentos, a aplicação da argila branca deve ser feita dois meses após o procedimento químico, pois ela poderá remover certas substâncias que estão contidas nesse processo.

Podem também ser usadas como "pré-xampu" para aliviar a coceira do couro cabeludo. O tratamento com argila no cabelo pode ressecar os fios quando feito em excesso - aplicar a cada 15 dias é o suficiente para nutrir o cabelo. Vale ressaltar que, para tais benefícios, a argila deve ser natural e pura, livre de substâncias nocivas à saúde.

A argila branca, também chamada de caulim, contém um percentual de alumina, caulinita e sílica significativo, além de pH muito próximo ao da pele, por esta razão é a argila mais suave de todas. Promove ações de adsorver oleosidade sem desidratar a pele, suaviza, cicatriza e catalisa reações metabólicas do organismo. No rosto, pode ser usado no tratamento de manchas, pois possui efeito clareador - isso em peles sensíveis e delicadas, desidratadas, envelhecidas e acneicas. Seu uso é mais indicado para o rosto, pois em tratamentos corporais não dá bom resultado.

O manganês e o magnésio também estão presentes na sua composição, e esse fato torna a argila branca um ótimo anti-inflamatório, que pode ser aplicado nas peles acneicas. Pode ser utilizada por peles normais, mistas e oleosas.

A presença do silício tem ação purificante, adstringente e remineralizante, com efeito anti-séptico e cicatrizante que reduz as inflamações e tem um papel fundamental na reconstituição dos tecidos cutâneos, além de atuar contra a flacidez.

Lave o rosto previamente com um sabonete e aplique a máscara de argila rosa por toda face, exceto na região dos olhos e bocas e deixe agir por volta de 20 minutos antes de removê-la com água. Você vai notar a maciez e o brilho em seu rosto. É normal sentir um ardor após a aplicação da máscara, mas não se preocupe, pois a argila medicinal não tem contraindicação. Passe um hidratante após a remoção para aliviar o ardor. Por ser uma argila suave, ela pode ser usada todos os dias sem causar ressecamento na pele.

Para fazer a limpeza de pele com argila no couro cabeludo, aplique a argila nos cabelos úmidos, massageando lentamente. Deixe agir por volta de 20 minutos. Não esfregue a pasta de argila nos fios, pois o atrito poderá danificá-los. A pasta desliza naturalmente sobre os fios sem adição de força. Para melhores resultados você pode finalizar o tratamento com óleos vegetais - veja qual o mais adequado para a finalidade desejada e aplique após a remoção da argila.

Limpeza de pele com argila rosa

A argila rosa pode também ser usada como pré-xampu para aliviar a coceira do couro cabeludo e no tratamento de oleosidade. Aplicar a cada 15 dia é o suficiente para nutrir os cabelos. Vale ressaltar que para tais benefícios a argila rosa deve ser natural e pura, livre de substâncias nocivas à saúde.

A argila rosa é a mistura da argila vermelha com a branca, resultando em uma argila suave, indicada para peles mais sensíveis e delicadas, avermelhadas, com tendências alérgicas ou irritadas, desidratadas, acneicas e com vasinhos e rosáceas.

Ela é rica em óxido de ferro, que tem papel importante na respiração celular e na transferência de elétrons, mantendo a pele hidratada e com elasticidade. A limpeza de pele com argila remove toxinas absorve o excesso de oleosidade, ao mesmo tempo em que fornece os minerais necessários para devolver o viço e o brilho natural da pele e dos cabelos.

Fazer uma limpeza de pele com argila rosa combate os radicais livres, prevenindo do envelhecimento e rugas, sendo eficaz em peles maduras. Tem propriedades cicatrizantes e suavizantes provenientes da argila branca, que acalmam as peles irritadas, suavizam as rosáceas e cicatrizam acnes.

A argila vermelha tem propriedades antiestresse e redutoras de medidas, e a argila branca é anti-inflamatória, adstringente e revitalizante. A junção de todas essas propriedades é o que faz com que a argila rosa seja tão utilizada em tratamentos estéticos.

A argila rosa pode ser utilizada em tratamentos corporais, pois além de relaxar, desinflamar e revigorar a pele, ela auxilia também na queima e na drenagem de celulite e gorduras localizadas. Também tem efeito tensor, sendo muito eficaz em tratamentos de flacidez tissular.

Nos cabelos, a argila rosa atua na circulação sanguínea, estimulando e facilitando o crescimento dos fios. Ela é antisséptica e desintoxicante, eliminando bactérias do couro cabeludo e também pode ser usada em tratamentos para prevenir a oleosidade.

No rosto, aplique a pasta feita com soro fisiológico, água filtrada ou hidrolatos com a argila bege por toda a face, exceto na região dos olhos e bocas e deixe agir por 20 minutos antes de removê-la com água. Finalize com um hidratante. A máscara pode ser feita a cada duas semanas. No entanto, produtos à base de argila bege, como sabonetes, podem ser usados diariamente. Prefira usá-la de noite, para evitar agressões causadas pelos raios solares.

Para fazer limpeza de pele com argila no couro cabeludo, aplique nos cabelos úmidos, massageando e deixando agir por volta de 20 minutos. Da mesma forma que é com os outros tipos de argila, não esfregue a pasta de argila bege nos fios, pois o atrito poderá danificá-los. A pasta desliza naturalmente sobre os fios sem adição de força. Para melhores resultados, você pode finalizar o tratamento com óleos vegetais - veja qual o mais.

Limpeza de pele com argila bege

A argila bege é a mistura da argila marrom com a branca. Dessa forma, ela incorpora de forma mais suave as propriedades das duas argilas. Esse tipo de argila é indicado para tratar peles oleosas, inflamação, cicatrizes e para o rejuvenescimento da pele.

A argila bege apresenta muitas propriedades e, consequentemente, diversas aplicações. A argila branca é rica em alumínio e silício; a argila marrom, além desses citados, tem uma quantidade significativa de ferro quando comparada com as outras argilas, além de titânio, importante componente nos protetores solares e com ação de filtro, impedindo a entrada de bactérias.

A presença do silício tem ação purificante, adstringente e remineralizante, com efeito antisséptico e cicatrizante. Isso reduz as inflamações e tem um papel fundamental na reconstituição dos tecidos cutâneos, além de atuar contra a flacidez. O alumínio atua contra a falta de tonicidade e inibe o desenvolvimento de bactérias causadoras de espinhas, furúnculos e inflamações. O ferro é muito importante na respiração celular e na transferência de elétrons, cuja ausência faz com que a pele fique seca, fina e com falta de elasticidade.

A argila bege é indicada para peles oleosas, acneicas e mistas, pois ajuda a regular a produção sebácea e absorve a oleosidade sem desidratar a pele. Muita vezes é o excesso de oleosidade que causa acnes - por esta razão, o uso da argila bege é eficaz no tratamento antiacne, pois além de reduzir a oleosidade, também tem efeito adstringente, cicatrizante e anti-inflamatório. Também ameniza as manchas na pele causadas pelas espinhas.

O ferro presente, mesmo que em pouca quantidade, ativa a circulação cutânea e revitaliza a pele, que juntamente com os outros sais mineiras hidratam, devolvendo o viço e o brilho da pele. Elimina toxinas, impurezas e os radicais livres causados pelo estresse do dia a dia, rejuvenescendo o tecido.

A argila bege pode ser aplicada no corpo, em locais inflamados ou feridos, ajudando na desinflamação e cicatrização. Por conta de seu poder tensor, é uma argila que tem ação na elasticidade da pele, atuando contra a flacidez cutânea, como a flacidez tissular. Também ajuda na redução de medidas, atuando nas gorduras localizadas e celulites.

A argila bege, nos cabelos, ajuda a regular a queratinização dos fios e é muito eficiente nos cabelos oleosos, equilibrando a produção sebácea. Ajuda no crescimento mais rápido dos fios, hidrata e limpa profundamente o couro cabeludo.

Confira os tipos de argilas, óleos vegetais e outros produtos 100% puros e naturais disponíveis na Loja eCycle.


Veja também:

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail