Sustentabilidade na educação infantil: oito dicas legais

eCycle

Ao ensinar as crianças a praticarem sustentabilidade, você cria um ambiente melhor em casa e fora dela

sustentabilidade na educação infantil

A sustentabilidade na educação infantil é um conceito que precisa ser trabalhado em conjunto pela sociedade como um todo. Entretanto, parte importante do ensinamento da sustentabilidade no contexto da educação infantil começa em casa. A ajuda dos tutores em conversas com seus filhos, netos, afilhados, sobrinhos (entre outros laços que não necessariamente biológicos) sobre o que é o consumo e quais os seus efeitos, o ensinamento sobre temas como descarte do lixo, alimentação, desigualdade social, o que é e como funciona a reciclagem são iniciativas que ajudam as crianças a construir um melhor entendimento sobre questões ambientais. Isso tudo contribui para uma mudança de atitude e comportamento.

De maneira complementar à educação doméstica, importa a ajuda da escola e seus professores, algo fundamental. Existem instituições de ensino que se diferenciam pela apresentação dos conceitos e práticas da sustentabilidade para crianças já em seus primeiros anos na escola, algo que vale a pena pesquisar na escolha do espaço que os ajudará a formar as tão faladas 'gerações futuras'.

Voltando para casa, há diversas formas de desenvolver o tema com a molecada, e a criatividade não precisa de limites. Sugerimos algumas iniciativas legais que podem ser um bom começo.

Curta aqui dicas sobre como ajudar seus filhos a cultivarem uma visão mais ecológica e sustentável do mundo e suas relações:

Alimentação

A sustentabilidade começa pela educação alimentar. Incentivar o consumo de alimentos in natura é uma forma de ensinar a prática da sustentabilidade. Introduzir as crianças ao mundo dos alimentos e da agricultura, com histórias lúdicas que explicam que o alimento precisa ser plantado por agricultores e que não devem possuir agrotóxicos é uma forma bem sucedida de educação infantil. Quanto menos industrializados seu filho consumir, além de ter uma saúde melhor, serão gerados menos resíduos de embalagens e menores impactos ambientais em decorrência da produção e do transporte.

Da mesma forma, a educação infantil que ensina a importância de valorizar os alimentos produzidos localmente é uma educação sustentável. E você pode ensinar tudo isso para o seu filho de formas lúdicas, com brincadeiras de plantar e fazer feira, por exemplo. Lembre-se que seu filho vai querer comer o mesmo que você, então comece dando o exemplo!

Plantas

Uma forma de aproximar a criança da sustentabilidade é conversar sobre o que são os vegetais, qual sua importância simbólica e prática e seus ciclos, além de ensiná-la a plantar. Aproveite para fazê-lo da forma mais descontraída possível. Acompanhar junto o crescimento das plantas pode ser uma experiência das mais especiais.

Interruptores de luz com desenho de super-herói

Uma das melhores maneiras de se conservar energia em casa é desligando as luzes que não estejam sendo usadas - aquela lâmpada ligada onde não há ninguém a ser iluminado. E isso serve para todos os cômodos da casa, desde salas e quartos até banheiros e áreas de serviço. O ato de apagar as luzes é mais fácil para o adulto, mas para as crianças isso é parecido com memorizar a tabela periódica dos elementos ou a tabuada. Por isso, que tal um interruptor com o desenho do super-herói ou personagem favorito das crianças, para incentivá-las a apagar a luz? Aproveite para dizer que o Batman, por exemplo, está de olho para que apaguem as luzes. Essa é uma medida simples, mas aproxima a criança do conceito de sustentabilidade, uma vez que ela passa a entender a energia como uma forma de consumo que impacta o ambiente.

Transforme o tempo de banho em uma corrida

Se você conseguir encurtar o tempo de banho em sua casa por apenas um ou dois minutos, você vai economizar até 150 litros de água por mês, isso sem pensar na economia de energia. Para ajudar a acelerar o tempo de banho da criançada, aproveite para cronometrar o tempo deles no chuveiro e ofereça recompensas pequenas caso ele consiga bater o tempo estipulado ou se fizer um tempo melhor do que o último banho. Só que na regra da brincadeira precisa ficar claro que não vale pular a parte da higiene pessoal por causa de um prêmio.

Bilhete perto da torneira do banheiro

Outra maneira de se conservar água é fechar a torneira do banheiro quando não a está usando. Certifique-se de que seus filhos estão fechando a torneira enquanto escovam os dentes. Vale lembrar que isso serve também para os adultos, quando estão fazendo a barba, passando fio dental ou qualquer outra higiene pessoal. Os mais velhos precisam dar o exemplo para os mais jovens seguirem. Coloque então um pequeno bilhete, por escrito, perto da sua torneira para refrescar sua memória e a dos seus filhos.

Brigada dos carregadores

Se suas crianças possuem seus próprios celulares ou quaisquer outros aparelhos, provavelmente elas também possuem um monte de carregadores. Mesmo quando não estão conectados a algum desses aparelhos, os carregadores continuam a consumir eletricidade, por isso é melhor desconectá-los quando não estiverem em uso. Se encontrar dificuldades na prática dessa regra, a associação descontraída da suspensão de alguma regalia por curto período de tempo com cada carregador encontrado plugado na tomada pode ser uma alternativa legal. E isso pode servir também para videogames, TVs, aparelhos de som, etc.

Coloque as crianças no comando da reciclagem

Para mudança dos hábitos dos seus filhos, em qualquer assunto, que tal colocá-los no comando das ações? Atribua à molecada o controle da reciclagem, pois assim entenderão sua importância e darão mais valor à separação do lixo doméstico, uma forma de cristalizar a prática da sustentabilidade. É legal ensinar as crianças a fazerem a reciclagem dos resíduos alimentares em casa, por meio da compostagem. Tudo vai ficar mais divertido ainda quando elas entenderem que o trabalho principal é feito pelas minhocas. Mas é importante lembrar que a reciclagem deve ser a última opção. Bom mesmo é reduzir o consumo e, consequentemente, a geração de resíduos.

Dia de limpeza

Escolha um dia da semana como sendo o dia de limpar a casa. Chame seus filhos para ajudar retirando o que é lixo. E ensine técnicas sustentáveis de limpeza da casa. Quando seu filho aprende que ele deve ser o responsável pelos resíduos que produz e pela limpeza do local em que vive ele internaliza um dos conceitos da sustentabilidade na educação infantil. Isso serve tanto para casa como na escola, em que um grupo de alunos interessados pode se juntar para limpar a escola, pegando lixo e organizando a própria escola. Faça um mutirão de limpeza regularmente, explicando a necessidade da coleta e destinação adequadas dos resíduos e os impactos no caso de não fazê-lo adequadamente.

Reaproveitando a água da chuva

Mostre às crianças que a água da chuva pode ser reaproveitada. Basta a criança colocar um balde fora da casa com uma pedra dentro, para não tombar, e esperar a chuva. Quando parar é só pegar esse balde e usar essa água para molhar as plantas que estão dentro de casa ou mesmo nos sanitários. Isso fica mais fácil de ser feito se você morar em uma casa, mas se morar em apartamento basta descer no térreo.

Jogos on-line ecológicos

Além dessas dicas, existem maneiras de interagir com as crianças transmitindo a mensagem de responsabilidade socioambiental associada à brincadeira. Para essa nova geração, que surge imersa nos meios digitais, existem diversos jogos que fazem com que a criança teste seus conhecimentos sobre meio ambiente e sustentabilidade, como criar um vilarejo mais sustentável ou um personagem que precisa plantar árvores e enfrentar lenhadores que querem desmatar. Ou ainda um jogo um pouco mais elaborado onde o usuário tem contato com as políticas ambientais e soluções em sustentabilidade para o planeta. Aproveite para incentivar seus filhos a jogar esses tipos de jogos e realizar “quizzes” sobre o assunto.

Veja um vídeo, em inglês, que mostra as possibilidades de preservação do planeta:


Veja também:


 

Comentários  

 
0 #1 2013-07-05 19:59
Muito bom:
Coloque as crianças no comando da reciclagem - Para mudança dos hábitos dos seus filhos, em qualquer assunto, que tal colocá-los no comando das ações? Atribua à molecada o controle da reciclagem, pois assim entenderão sua importância e darão mais valor à separação do lixo doméstico.

Parabéns.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail