Dicas para fazer a vida do seu bebê mais sustentável

Atitudes para praticar a sustentabilidade desde cedo com seu bebê

A chegada de uma criança traz bastante alegria, mas pais de primeira viagem têm muitas dúvidas sobre a melhor forma de criar seu filho. Não há um jeito "certo", uma solução simples para isso, mas se você se preocupa com o meio ambiente, existem alguns passos que ensinam como criar seu filho de modo sustentável desde cedo e minimizar as emissões do recém-nascido. Vamos a elas:

Limpeza de ambientes com produtos menos tóxicos

A pele e o corpo todo do bebê são bem delicados, por isso pais ou responsáveis precisam tomar bastante cuidado ao fazer a higienização de residência e do ambiente em que o bebê se encontra. Mas, ao contrário do que se pensa, é possível limpar tais locais sem recorrer a produtos de limpeza tóxicos. Algumas combinações sustentáveis podem substituir tais produtos. Vinagre, limão e bicarbonato de sódio são ingredientes seguros para criar alternativas menos danosas ao meio ambiente e à saúde do bebê. Clique aqui e veja como fazer uso desses materiais para a limpeza da sua casa.

Evite ao máximo as fraldas descartáveis

Não é nenhum segredo que fraldas descartáveis prejudicam o meio ambiente. Feitas com misturas de papel e plástico que se tornam de difícil reciclagem após o uso, as fraldas acabam em lixões e aterro, perdurando por longos anos. Isso sem contar que um bebê utiliza, em média, de oito a dez fraldas por dia - estima-se que, em um ano, uma única criança seja responsável pelo uso de 130 quilos de plástico e de 200 a 400 quilos de papel, só em fraldas (veja mais aqui).

Fraldas feitas de pano, apesar de menos práticas, vão reduzir muito a pegada ambiental do seu bebê. Também há protótipos que tentam utilizar materiais menos danosos em fraldas descartáveis e empresas que procuram modos de reciclar as fraldas convencionais. Mas, enquanto isso, o melhor a se fazer é utilizar fraldas de pano.

Faça comida

Alimentos industrializados podem até ser gostosos, mas levam diversos conservantes que não fazem bem para o desenvolvimento da criança. Quando o seu filho deixar de mamar, faça você mesmo as refeições dele. Essa atitude só apresenta pontos positivos, pois você seleciona os ingredientes, os temperos, diminui riscos de desenvolvimento de problemas de saúde, gasta menos embalagens, evita conservantes e diminui a pegada de carbono do seu filho e estimula bons hábitos alimentares na criança. Caso seja possível, selecione alimentos orgânicos. Veja aqui dicas para preparar alimentos sem desperdício.

Ligação com a natureza

Faça seu bebê ter contato com a natureza desde cedo. Ensine a ele a importância do meio ambiente, apresente árvores, gramados, flores, praias e tudo que a natureza oferece. Eduque-o de modo a respeitar a natureza. Ainda na fase de criança, porém com sensibilidade de compreensão, ensine para ele sobre reciclagem e sua importância, o ciclo da Terra, e forneça a educação ambiental básica para que ele cresça e cuide do meio ambiente. E não se esqueça de que você é um espelho para o seu bebê, então faça atitudes positivas para que ele possa ter exemplos.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail