Como descartar tubo de pasta de dente?

Eles estão sempre presentes em nosso cotidiano e se tornam um problema ambiental caso não sejam descartados corretamente

O tubo de pasta de dente nosso de cada dia é composto por 75% de plástico e 25% de alumínio, o que se configura em um grande problema ambiental caso todos joguem essas embalagens no lixo comum (desembocando em aterros sanitários). No entanto, para a nossa sorte, a reciclagem é possível.

Os tubos podem ser destinados na coleta seletiva na parte de plásticos, por serem predominantemente compostos por tal material. Empresas especializadas e cooperativas fazem a separação dos elementos. Na hora de descartá-los, certifique-se de que o tubo tenha a menor quantidade de resíduos possível para que não contamine a água do local onde for ocorrer o tratamento. E sempre descarte o tudo com a tampa, o que garante mais ainda a não contaminação da água na hora da lavagem dos materiais (veja aqui as propriedades do creme dental).

Além do tubo, a embalagem do creme dental vem envolta em uma caixinha, que deve ser descartada na parte de papel - as caixas de pastas de dente têm a função de proteger o produto, para que ele não seja danificado. É interessante verificar se essa caixa vem com o certificado FSC (Forest Stewardship Council), que indica que ela é proveniente de florestas bem manejadas, fontes controladas e madeira reciclada. Alguns mercados, inclusive, possibilitam que o cliente leve para a casa apenas o tubo dental, descartando a caixa de papel já no próprio varejista. Há ainda os cremes dentais que são vendidos sem a caixinha.

Papel na construção civil

É sempre bom saber aonde vão parar os resíduos que você manda para a reciclagem e no que eles se transformam. No caso dos tubos da pasta de dente, você pode encontrá-los em lojas de materiais de construção na forma de telhas ecológicas, pias, bancos e até na forma de objetos para escritórios, mesas e cadeiras.

No caso das telhas, elas têm a vantagem de, além de serem 100% recicláveis, ainda possuírem as características de não quebrarem, não absorverem água, possuírem alta flexibilidade e resistência ao fogo, serem isolantes térmicas (deixam a casa 25% mais fresca no verão do que as problemáticas e controversas telhas de amianto), não mofarem, entre outras vantagens.

Para fazer uma telha de um pouco mais de dois metros, são necessários aproximadamente 700 tubos de creme dental. No processo de transformação do tubo em telha não há nenhum tipo de resíduo ou poluente atmosférico, pois o material é aproveitado por completo e não ocorre queima. O processo se dá do seguinte modo: depois de moído, o tubo é colocado em bandejas e prensado a uma temperatura de 180°C; em seguida, o material é cortado.

Além disso, você também pode transformar o tubo da pasta de dente em algo diferente, fazendo um upcycle - uma possibilidade é transformá-lo em porta-moedas (veja aqui o passo a passo).

Quer descartar seu objeto com a consciência tranquila e sem sair de casa?

Veja também:


Agora que você já sabe como descartar, a eCycle te ajuda! Clique aqui para visitar nossa página de Postos de Reciclagem e encontre o melhor destino possível para seu item.
Quer saber sobre outros materiais? Navegue pela seção Recicle Tudo.
 

Comentários  

 
+1 #1 2013-01-28 15:22
Muito importante essa notícia já estamos divulgando!
Eco abraços.
Citar
 
 
0 #2 2014-02-17 14:42
onde posso adquirir muda de citronela par espantar moscas e mosquitos?
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail