Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Luz infravermelha emitida pelo aparelho facilita a vida de pacientes, enfermeiros e médicos

Se preferir, vá direto ao ponto Esconder

Você já teve que tomar algum medicamento ou soro e foi aquele sofrimento porque o enfermeiro não encontrava a veia? O Vein Viewer é uma tecnologia criada pela empresa estadunidense Christie Medical Holdings, que torna essa árdua tarefa bem mais simples. Apesar de não trazer riscos consideráveis à saúde, é desconfortável receber tantas “agulhadas” desnecessárias.

O funcionamento do aparelho ocorre por meio da emissão de luz infravermelha que, quando colocada sobre a pele do paciente, facilita a visualização da veia, inclusive de fluidos que passem por ela.

Além de identificar com mais facilidade uma veia, o aparelho, segundo seus criadores, também é capaz de localizar as melhores veias para o procedimento médico em questão, pois é capaz de “enxergar” os vasos em uma profundidade de até 10 milímetros.

No Brasil, mais de 150 hospitais utilizam o Vein Viewer. Além de facilitar a vida de enfermeiros e pacientes, o aparelho evita custos para o hospital, pois há uma quantidade menor de material descartável gasto e diminui o desperdício de medicamentos. Se você tem remédios vencidos dando sopa na sua casa, saiba que eles podem gerar potenciais problemas ambientais e de saúde. Pesquise abaixo como descartá-los, sem riscos, no endereço mais próximo de você:

Versão flex

O Vein Viewer está disponível também na versão flex. Esse modelo possui imagem HD e tecnologia de Df2, e pode ser usado em todo procedimento vascular. Essa alternativa já é comum em setores de emergência (UTI) de certos hospitais, e também é útil para hemofílicos e outros indivíduos que necessitam fazer autoinfusão.

Para entender o funcionamento, confira o vídeo (em inglês).