Apoio: Roche

Saiba onde descartar seus resíduos

Verifique o campo
Inserir um CEP válido
Verifique o campo
Lightbulb

Estudo organizado pela PricewaterhouseCoopers apontou avanços limitados

A PwC lançou, no início de outubro, o 6º índice anual Low Carbon Economy Index 2014. O indicador compila desempenho global, por grupos (G7 e E7), das principais economias do planeta e avalia o grau de “carbonização econômica” – em relação à dependência, controle e redução de emissão de gases estufa para cumprimento das metas contra o aquecimento global.

Os resultados mostram que, entre 2012 e 2013, apesar da meta conjunta para a redução das emissões em 6%, a emissão global de CO₂ retraiu apenas 1,2%. Tal resultado pressiona o desempenho projetado para os próximos anos, quando a redução deve atingir 6,2% por ano, até 2100, para que o aquecimento global não ultrapasse em 2 ºC os níveis de temperatura da era pré-industrial.

O Brasil elevou a emissão de CO₂ no período em 5,5%. Ainda assim é o país que apresenta a menor intensidade (na relação tCO2/2013$m) entre os países avaliados. A Austrália registrou a maior redução de emissões (- 7,2%). Outro destaque fica por conta da China – campeã mundial nesse quesito – que diminuiu em 4% a quantidade de gases emitidos.

Veja o relatório completo.


Fonte: EcoD