Rede de pesca com dispositivo de fuga evita capturas desnecessárias

eCycle

A SafetyNet possui “saídas de emergências” que selecionam os animais que serão pescados

O designer Don Watson, aluno da Escola de Arte de Glasgow, inventou uma nova tecnologia que pode ser benéfica para o meio ambiente em atividades pesqueiras, evitando que muitos peixes morram à toa. A SafetyNet é uma rede de pesca seletiva que possui anéis que funcionam como “portas de emergência” para peixes que ainda não atingiram o tamanho necessário para pesca ou não pertencem à espécie adequada.

Projetados para o uso em pescas de arrasto que visam capturar arincas e badejos já na fase adulta, os dispositivos são encaixados na rede para evitar que, acidentalmente, outros peixes sejam apanhados. Os anéis podem ser colocados em qualquer tipo de rede já existente. O recomendado é utilizar cerca de 20 dispositivos, que custam cerca de R$ 1,6 mil.

Bateria recarregável e prêmios

Inseridas nos fundos das redes onde há maior concentração de peixes, as "saídas de emergência" emitem luzes de sinalização que são ativadas quando a rede atinge certa profundidade, o que facilita a pesca e dá maior visibilidade aos pescadores. Mas quem adquirir o produto não terá que se preocupar com as baterias dos dispositivos. Elas são carregadas automaticamente por um mecanismo que transforma a energia do movimento dos peixes dentro da rede em eletricidade. Outra vantagem é que, por serem rígidos, os anéis mantêm-se abertos mesmo quando arrastados e sob pressão.

O designer britânico já recebeu um prêmio de € 1,3 mil pela inovação, no Reino Unido, e ainda compete com 17 finalistas pelo valor de € 13 mil no prêmio internacional James Dyson.

Independente do resultado, Don Watson pretende tentar lançar seu produto no mercado o mais rápido possível. Confira o vídeo explicativo sobre a SafetyNet abaixo:



 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail