Rede de supermercados Walmart recolhe medicamentos vencidos de clientes

eCycle

Farmácias em três estados já estão fazendo a coleta

No começo do mês, a rede de farmácias da empresa Walmart de São Paulo, Rio Grande do Sul e Pernambuco passaram a recolher, medicamentos vencidos e caixas de remédios.

Com capacidade para armazenar até 40 kg de remédios por mês, o material é levado por transportadoras especializadas no descarte deste tipo de resíduo, considerado perigoso.

A máquina coletora registra o código de barras dos medicamentos, permitindo que remédios controlados também possam ser descartados, além de registrar quais medicamentos foram recolhidos. Nas estações, há espaços separados para todos os tipos de remédios: comprimidos, líquidos, pomadas e o compartimento para o descarte das caixas.

O destino final deste material é ou o Aterro Industrial Classe 1, especializado nesse tipo de resíduo ou a incineração.

Segundo dados da BHS (Brasil Health Service), cerca de 90% da população descarta medicamentos vencidos no vaso sanitário ou no lixo, o que gera contaminação da água e do solo. A ANVISA estima que, por ano, a população produza em torno de cinco mil a 34 mil toneladas de resíduos em forma de remédios.

Todos esses postos estão cadastrados na seção Postos de Reciclagem da eCycle. Confira qual é o posto mais próximo de você.


Fonte: Wallmart

Veja também:


 

Comentários  

 
+1 #1 2012-06-13 13:43
Gostei da iniciativa da Walmart pela destinação correta desses resíduos especias,influe nciando a população a agir corretamente e preservando o meio ambiente. Gostaria de saber se este projeto já chegou ou se vai chegar nas redes Walmart no Recife? Nós também queremos ser influenciados a dar uma destinação correta aos resíduos. E como consumidora eu prefiro consumir num local que busca medidas para preservar o meio ambiente.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail