Refrigerante diet não é um bom parceiro na dieta

eCycle

Aumento do consumo desse tipo de refrigerante leva a novas pesquisas. Hipóteses intrigam os cientistas

Quem nunca ficou com peso na consciência e abriu um refrigerante diet no almoço para se livrar da culpa pelas calorias a mais que já estavam no prato? Exatamente pelo crescimento do consumo desse tipo de refrigerante é que certos pesquisadores resolveram se aprofundar na questão.

Diferente do que muitas pessoas pensam, os produtos classificados como diet possuem a mesma quantidade de calorias que a versão clássica, ou até mais. Isso porque alguns componentes retirados, como o sódio ou proteína, não interferem diretamente na contagem. Um refrigerante diet não possui açúcar (sacarose, produzida em plantas através da fotossíntese), mas em seu lugar são colocados aditivos para que o sabor continue agradável. Aspartame, sacarina e sucralose são os mais comuns.

Mas o refrigerante diet faz mal simplesmente por trocar seus componentes? A história é um pouco mais complicada.

Com poder de adoçar 200 vezes mais que a sacarose, o aspartame é o adoçante mais comum e usado do mercado, presente em diversos produtos. Ele foi liberado no Brasil em 1988, e desde então a segurança sobre o seu uso foi muito questionada. Quando atinge o intestino, o aspartame se transforma em fenilalanina, aspartato e metanol.

Metanol é o responsável pela toxicidade das bebidas alcoólicas, por exemplo. Mas para ser possível uma intoxicação, a quantidade consumida de aspartame por uma pessoa teria que ser muito grande, como 140 mil envelopes em um único dia. O aspartato era acusado de se acumular em tecidos fetais e, por isso, deveria ser evitado por grávidas, mas essa possibilidade já foi descartada por pesquisas. A fenilalanina deve ser evitada pelos fenilcetonúricos, que não digerem esse aminoácido.

A sacarina, 400 vezes mais adoçante que a sacarose, quando ingerida, é rapidamente absorvida e excretada, e, por isso, não é metabolizada. O mesmo é observado com a sucralose, 600 vezes mais adoçante. Por causa desse pouco tempo em que ficam presentes no corpo, o risco destes aditivos causarem algum problema ao organismo é minimizado, mas mais estudos devem ser feitos até que a sua total segurança seja comprovada e qualquer relação com a doença seja descartada.

Opiniões

As opiniões sobre os refrigerantes do tipo diet são variadas e acabam se dividindo. Enquanto alguns estudos apontam que crianças responderam bem à expectativa de perda de peso trocando os refrigerantes normais pelo diet, a cientista Susan Swithers afirma que o uso de adoçantes sintéticos aumenta o riscos de crises metabólicas, surgimento de diabetes do tipo 2 e doenças cardiovasculares.

Uma das principais causas da diabete do tipo 2 é o excesso de peso, que pode ser relacionado ao refrigerante diet de duas maneiras. A primeira é baseada no modo de pensamento dos consumidores, que, ao acharem que estão "economizando" nas calorias do refrigerante, excedem nas refeições. A segunda, resultante de uma pesquisa do San Antonio Healthy Science Center, sugere que os consumidores diários do produto estão 65% mais propensos a ganharem peso e 41% a se tornarem obesos, nos sete ou oito anos seguintes. Outro estudo prova ainda que a probabilidade deles terem diabetes do tipo 2 é 67% maior que os não consumidores.

Já para terem distúrbios metabólicos, estes consumidores apresentam 36% a mais de chance. Quando o açúcar entra no corpo, ele gera uma resposta que é a liberação do hormônio insulina, responsável pela diminuição dos níveis de açúcar no sangue e estocagem. Mas quando a pessoa ingere adoçante, esse processo não ocorre e o corpo fica confuso, havendo desregulagem do sistema hormonal como um todo. Como consequência, pode haver aumento da quantidade de alimento ingerido e picos de açúcar no sangue, como na diabete.

Enquanto a comunidade científica não chega a uma conclusão, melhor optar por substituir refrigerantes por água e sucos naturais. Manter uma dieta equilibrada traz muitos benefícios ao organismo, se estiver em conjunto com a prática regular e saudável de esportes.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail