Aluguel de scooters elétricas via smartphone é aberto ao público em cidade dos EUA

eCycle

São Francisco, conhecida por inovações verdes, inaugurou o sistema

Começou a funcionar recentemente, na cidade de São Francisco, nos Estados Unidos, uma rede de aluguel de scooters elétricas via smartphone. O projeto, tocado pela empresa ScootNetworks, conta com 50 veículos estacionados em um bairro da cidade (para uma fase de testes), que podem ser alugados por hora ou por metade do dia. Basta plugar o seu smartphone na motocicleta que ela é liberada para o uso. Também aparecem na tela do celular o nível de carga da bateria, um mapa para navegação e um velocímetro.

A rede foi aberta ao público recentemente, e agora, qualquer um pode se cadastrar. Cofundador da rede, Michael Keating, alega que a decisão de acelerar a abertura do sistema ao público surgiu para ajudar a empresa a prosseguir com os testes das motocicletas. Aumentar o número de usuários permite refinar e aperfeiçoar o sistema mais rapidamente.

Atualmente, é preciso pagar US$ 10 pela inscrição, mais uma mensalidade de US$ 5, e mais US$ 5 por hora de uso. Também é possível pagar US$ 10 por metade de uma diária ou US$ 25 por um pacote mensal, que inclui quatro metades de diária. Existe ainda a opção de, por uma mensalidade de US$ 185, alugar o veiculo em tempo integral.

O serviço é particularmente interessante para curtas distâncias que envolvem os deslocamentos diários. É útil para ir da estação ou ponto de ônibus até a residência ou ao trabalho. As scooters não são muito adequadas para estradas ou longas distâncias, pois a velocidade máxima é de 48 km/h e a bateria tem autonomia entre 30 e 50 km.

Para conduzir as scooters não é preciso habilitação, ainda assim existem algumas dificuldades para difusão do sistema, tais como: conseguir um número suficiente de locais de estacionamento com as tomadas para recarga e atrair o usuário que não está acostumado a conduzir motocicletas, o que talvez seja facilitado pelo reconhecido comprometimento da cidade com uma economia sustentável e com a difusão do uso de veículos que não gerem emissões.

Para mais informações sobre o projeto, visite o site oficial. Dê uma olhada no vídeo promocional, abaixo:

National Scoot to Work Week from Kacey Klonsky on Vimeo.


Veja também:
-spnKix: os patins motorizados e elétricos
-Bicicleta elétrica: solução ou dor de cabeça?


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail