Óleo de alimentos em conserva também é poluente

eCycle

Da mesma maneira que o óleo de cozinha, o utilizado para conserva também contamina rios e mares

O óleo de cozinha, se descartado incorretamente em pias, vasos sanitários, ralos ou até mesmo no lixo, apresenta um risco ao meio ambiente, pois pequenas quantidades deste produto são suficientes para contaminar grandes quantidades de água, além de entupir e danificar o encanamento das residências.

Na hora de cozinhar, muitos estão atentos ao óleo proveniente de frituras, mas há outros tipos de alimento que também levam óleo em sua composição ou conservação, e que geralmente são descartados de forma inadequada.

Alimentos em conserva, como sardinha, tomate seco, atum e muitos outros, são embalados com óleo para aumentar sua vida útil e, na hora de consumir, acabamos esquecendo desse detalhe e escorrendo o líquido restante no ralo da pia da cozinha.

A quantidade de óleo que essas embalagens contêm não é suficiente para produzir sabão caseiro, mas há alternativas de descarte e armazenamento que dão o destino correto a esses produtos.

Armazene em um pote ou garrafa PET as pequenas quantidades de óleo até que haja o suficiente para fazer o sabão caseiro. Você também pode misturar o óleo de cozinha ao óleo de conserva para fazer sabão. Para aprender como fazer sabão à base de óleo doméstico usado, veja esta matéria.

O óleo, além de transformado em sabão, pode ser matéria-prima para outros produtos, como detergente, biodiesel e fertilizantes e para isso basta levar até postos de coleta e descarte especializados neste tipo de material. .

A eCycle lhe oferece opções de postos, para isso procure o mais próximo da sua casa clicando aqui.


Veja também



 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail