Mitos e verdades sobre a reciclagem de cápsulas Nespresso

eCycle

Tire suas dúvidas sobre o consumo de cápsulas Nespresso. Elas são práticas e evitam o desperdício de grandes doses de café, mas o consumidor precisa se juntar aos esforços da empresa e levar suas cápsulas nos postos de coleta

Reciclagem de cápsulas Nespresso
Publieditorial em parceria com Nespresso

A forma como consumimos café se transformou bastante ao longo dos anos, do coador de pano até a máquina para cápsulas, passando pelos mais variados aparatos daquele seu amigo viciado em café. Na correria do dia a dia, as cápsulas Nespresso surgiram como uma opção prática e saborosa, garantindo diversidade ao paladar e a possibilidade de tomar um espresso sem ter que parar em uma padaria. O novo modelo, porém, trouxe um desafio: o que fazer com todas essas cápsulas de café usadas?

A Nespresso se preocupou em criar uma solução para os resíduos gerados. As cápsulas são fabricadas em material 100% reciclável e a empresa investiu em seu próprio programa de reciclagem, buscando engajar seu consumidor na busca conjunta por soluções ecologicamente corretas para o descarte das cápsulas de café usadas.

Neste Dia Internacional da Reciclagem, falaremos um pouco sobre a questão das cápsulas Nespresso. Conheça alguns mitos e verdades sobre a reciclagem de cápsulas, tire suas dúvidas e aproveite o cafezinho.



Quais as vantagens de consumir café em cápsulas?

A praticidade é o grande diferencial das cápsulas Nespresso. Em alguns segundos, sem sair de casa, é possível saborear cafés variados, provenientes de várias partes do mundo. A funcionária pública Maria Luísa e seu marido Sérgio compraram uma máquina Nespresso há pouco tempo e começaram a explorar as variedades. “Antes eu bebia café praticamente sozinha em casa, sempre sobrava e acabava gastando muito pó. Agora com a máquina o consumo aumentou - o pessoal que antes não gostava de café está descobrindo novos sabores com as cápsulas.”

Evitar o desperdício da bebida pronta é outro diferencial percebido nas cápsulas. O que acontecia na casa de Maria Luísa é comum e acaba consumindo uma quantidade de recursos maior do que a necessária. O consumo de café em doses individuais, por sua vez, reduz o desperdício de alimentos e de energia.



Quem não faz café em casa e quem não abre mão de um espresso, aproveita a facilidade das cápsulas. Laércio, cujos café preferidos são o Ristretto e o Arpeggio, conta que tem uma máquina em casa e outra no trabalho. “Se tivesse que tomar café na rua, sairia muito mais caro. Gosto muito das cápsulas Nespresso pelo sabor e facilidade para fazer o café.” O custo-benefício aparece de forma recorrente na fala dos consumidores ouvidos.

E após o consumo, o que fazer? A cápsula de café Nespresso é reciclável?

Sim, as cápsulas Nespresso são feitas de alumínio e são 100% recicláveis. A Nespresso se responsabiliza pela logística reversa e recebe o material em mais de 90 pontos de coleta em todo o Brasil - no mundo todo, são mais de 100 mil. Mas para isso é preciso que o consumidor faça sua parte, se engaje nessa busca pela solução para o resíduo e leve suas cápsulas usadas em um dos pontos de coleta.

Reciclagem de cápsulas Nespresso

Uma dica para quem mora em cidades onde a Nespresso tem boutiques é levar suas cápsulas para descarte quando for repor o estoque. Nas lojas, após a compra, é entregue ao cliente uma sacolinha com fecho, que impede a liberação de cheiro, para armazenar as cápsulas usadas.

Esse é o caso de Alexandre, consumidor bastante engajado que sempre leva suas cápsulas para reciclagem. “Vim até a loja trazer as usadas e comprar mais cápsulas. Sempre venho quando enche a sacolinha, aí sei que é hora de fazer a troca”, conta. Ele reforça a importância de nos responsabilizarmos pelo lixo que produzimos. “Não acho certo simplesmente jogar no lixo, precisamos dar a destinação correta. Já que existe o programa, acho importante contribuir para esse processo da reciclagem”, afirma.



Embora seja bastante consciente sobre a importância da reciclagem, Alexandre acreditava que a parte externa das cápsulas era feita de plástico, uma dúvida comum entre os consumidores da Nespresso. O que poucos sabem é que o alumínio foi escolhido para as cápsulas justamente por ser infinitamente reciclável e preservar as características e a qualidade do café, evitando que o sabor e o aroma se percam.

O alumínio das cápsulas cumpre a mesma função das embalagens a vácuo dos pós de café tradicionais, com a vantagem de que sua reciclabilidade é muito melhor. As embalagens a vácuo, em geral, são feitas em camadas que misturam alumínio e plástico, e sua reciclagem exige a separação dessas finas camadas de diferentes materiais. Na prática, isso aumenta o grau de dificuldade e afeta a viabilidade econômica do reprocessamento desses pacotes de café.

Outra desvantagem da embalagem maior é que, uma vez aberta, o sabor do pó de café se perde rapidamente, o que não acontece na dose única. Considerando que existe uma solução fornecida pela Nespresso, as cápsulas são mais fáceis de processar e o alumínio é um material valorizado comercialmente no mercado da reciclagem.

Reciclagem de cápsulas Nespresso

E a reciclagem acontece mesmo?

Essa é uma dúvida comum. A bancária aposentada Magali, por exemplo, não sabe muito bem o que acontece com as cápsulas. “Acho que o material é reciclável, já que é alumínio, mas não dá para ter certeza se será reciclado mesmo”, acredita.

No caso da Nespresso, quando o consumidor entrega suas cápsulas em um dos postos de coleta cadastrados pela empresa, a reciclagem não só acontece como o Centro de Reciclagem da empresa é aberto à visitação.

É possível agendar, no site da Nespresso, uma visita presencial ao Centro, que fica na região metropolitana de São Paulo, ou participar de um tour virtual para conhecer o processo.

No Brasil, a Nespresso já oferece pontos de reciclagem próximos para mais de 80% de seus clientes, mas o potencial de engajamento dos consumidores na devolução de suas cápsulas usadas ainda tem muito a crescer. Em 2017, 13,3% das cápsulas consumidas por aqui foram recicladas; em 2018 esse número subiu para 17% e, por enquanto, em 2019, já foram recicladas 20,1% das cápsulas usadas. Os números reforçam a importância do consumidor assumir seu papel no descarte correto de seus resíduos: para garantir que a reciclagem aconteça, é importante que as cápsulas sejam devolvidas à Nespresso.

Taxa de reciclagem das cápsulas Nespresso no Brasil

Cláudia Leite, responsável pela área de Criação de Valor Compartilhado da Nespresso no Brasil, explica que a Nespresso nasceu da ideia de produzir cafés de alta qualidade de maneira sustentável, sem desperdício. “A decisão por uma cápsula de alumínio foi consciente, para proteger o frescor do café e poder ser infinitamente reciclado. Por logística reversa, as cápsulas coletadas vão para o nosso Centro de Reciclagem, onde os materiais são separados. Cada material tem um destino correto, de acordo com suas características”, explica.

Como acontece a reciclagem das cápsulas? O processo consome muita água?

O processo de reciclagem das cápsulas Nespresso é todo mecânico e não usa água. As cápsulas são trituradas em um moinho de facas e o material segue para uma peneira com trepidação mecânica, em que a borra de café é separada do alumínio. O café então segue para compostagem e o alumínio para a reciclagem.

Reciclagem de cápsulas Nespresso
Créditos: Deividi Correa/AgNews

O processo de reciclagem das cápsulas mantido pela Nespresso é lucrativo para a empresa?

Muito pelo contrário. Só no Brasil, a Nespresso investe R$5 milhões por ano em seu próprio sistema de reciclagem. Em cada país há um estudo para identificar qual a melhor solução para que a reciclagem aconteça. No caso do Brasil, onde está presente há doze anos, a Nespresso guardou as cápsulas usadas devolvidas pelos consumidores por cinco anos, até a implementação do Centro de Reciclagem, em 2011.

Embora ainda esteja começando a participar da reciclagem de cápsulas Nespresso, Laércio fala sobre o valor do alumínio para o mercado da reciclagem. “Sei que é um material caro e em grande quantidade essa reciclagem poderia representar uma economia fabulosa”, especula, pensando no reúso do alumínio para a fabricação de novos produtos.



A logística reversa e o investimento na manutenção e qualidade das máquinas Nespresso fazem parte dos esforços da empresa para gerar impactos positivos. A companhia faz todo o possível para aumentar a vida útil de suas máquinas, da fabricação com foco em durabilidade ao oferecimento de assistência técnica remota (com orientações por telefone para solucionar problemas mais simples) e presencial (para falhas mais sérias).

A fabricação dos equipamentos também leva em conta a redução de materiais, sempre que possível, e 40% do material plástico das máquinas de café Nespresso é feito de plástico pós-consumo.

O alumínio e a borra de café viram o quê?

Depois de passarem pelo equipamento da Centro de Reciclagem, o café vai para compostagem e vira adubo orgânico. O alumínio vai para a fundição e retoma suas características de matéria-prima, podendo ser usado em novos produtos - o material é infinitamente reciclável e estima-se que 75% de todo o alumínio já produzido no mundo ainda esteja em uso.

Reciclagem de cápsulas Nespresso
Créditos: Deividi Correa/AgNews

A Nespresso é um dos membros fundadores da Aluminium Stewardship Initiative (ASI), organização que lançou o primeiro padrão global de aquisição de alumínio sustentável. As cápsulas Nespresso possuem o ASI Certification Performance Standard, que indica que o material segue padrões de sustentabilidade em sua produção. Até o ano de 2020, a companhia também pretende contar com capacidade para receber e reciclar 100% das cápsulas Nespresso vendidas. A porcentagem atual é de 92%, em escala global, ficando em torno de 80% no Brasil, como já dissemos.

É possível reaproveitar a cápsula para um novo uso?

Uma vez usada, não é possível limpar uma cápsula e voltar a enchê-la de café, mas o alumínio do qual ela é feita pode ser reciclado e utilizado para a fabricação de uma nova cápsula. Como o processamento ocorre em temperaturas muito altas, é possível usar o alumínio reciclado em produtos alimentícios, já que o calor elimina qualquer micro-organismo potencialmente nocivo.



No Brasil, o alumínio é destinado para a fabricação de outros produtos, já que em termos de pegada ambiental não compensaria enviar o material de volta para a Suíça, onde está concentrada a fabricação das cápsulas Nespresso.

Além disso, existem projetos de upcycle que dão nova vida às cápsulas, mas isso não elimina a necessidade de se pensar sobre o destino do material depois que o artesanato deixar de fazer sentido. Enviar suas cápsulas usadas para reciclagem garante que o alumínio volte ao ciclo produtivo, gerando valor e evitando a extração de novos recursos naturais.

Preciso lavar a cápsula e separar o café?

Se a sua cidade tiver um ponto de coleta da Nespresso, você só precisa levar suas cápsulas de volta para a companhia. Não há necessidade de separar ou mexer em nada, basta devolver a cápsula inteira, em qualquer tipo de sacola ou embalagem, e a Nespresso cuida do resto.

Reciclagem de cápsulas Nespresso
Créditos: Deividi Correa/AgNews

O consumidor ganha algum tipo de incentivo quando leva as cápsulas para a reciclagem?

A Nespresso optou por engajar seus usuários na prática sustentável, buscando criar o entendimento de que a reciclagem é um esforço que compete a todos os membros da cadeia de consumo. A ideia é que os consumidores percebam a minimização de seus efeitos como um benefício por si só, independente de incentivo comercial. “Essa é uma responsabilidade encadeada e compartilhada, são vários protagonistas que precisam agir para chegarmos em um objetivo comum: um planeta melhor”, explica Cláudia Leite.

Empresa e consumidores devem se empenhar na busca por soluções para os impactos gerados, assumindo uma parceria em que cada lado desempenha um papel fundamental. A Nespresso faz sua parte, que é oferecer e pensar em planos de expansão para a logística reversa, e o consumidor garante que esses esforços não sejam em vão, devolvendo as cápsulas usadas para a empresa.

E como funciona a reciclagem em outros países?



No mundo todo, o atual percentual de reciclagem é de 28%, com 92% de capacidade para logística reversa. A Nespresso procura a melhor opção em cada país onde atua, seja colaborando com o sistema de reciclagem local ou desenvolvendo seu próprio centro de reciclagem, como no caso brasileiro.

Na Alemanha, por exemplo, as cápsulas são recicladas por meio do programa do governo, o Duales System Deutschland (DSD). Por lá, em cidades como Hamburgo, existem leis de proibição aos descartáveis, que foram banidos nos prédios públicos municipais. Mas isso não diz respeito à escolha individual por cápsulas Nespresso, que podem ser consumidas em casa ou em outros ambientes e são recicladas pelo sistema local de coleta seletiva. O país, inclusive, possui a taxa de reciclagem mais alta de Nespresso.

Se eu descartar a cápsula usada em uma lixeira para recicláveis ou posto de coleta comum, ela será reciclada?

Se você descartar a cápsula inteira, o mais provável é que não. Há quem acredite que pode colocar a cápsula usada na lixeira da coleta seletiva destinada aos metais, mas por enquanto apenas algumas cooperativas de reciclagem possuem o equipamento necessário para abrir as cápsulas e separar a borra de café do alumínio.

Reciclagem de cápsulas Nespresso
Créditos: Deividi Correa/AgNews

Por isso, sempre que possível, devolva suas cápsulas nas lojas Nespresso ou nos postos de coleta disponíveis no site da empresa. Quando precisar fazer novas compras, aproveite para levar suas cápsulas usadas. O saquinho que é entregue aos clientes das lojas permite o armazenamento das cápsulas sem ocupar muito espaço nem deixar cheiro na sua cozinha.

E no caso dos clientes corporativos, como funciona o descarte das cápsulas?

Em São Paulo, Rio de Janeiro e Niterói, que contam com logística própria da Nespresso, as empresas que contratam a linha profissional têm acesso à devolução das cápsulas usadas para reciclagem no momento da entrega de novas cápsulas.

Reciclagem de cápsulas Nespresso

Nas outras cidades onde a Nespresso tem boutiques, as entregas são feitas por distribuidores parceiros, que levam as novas cápsulas e coletam as usadas, voltando com elas até a boutique, de onde são encaminhadas para o Centro de Reciclagem. Nas demais cidades, a melhor opção ainda é desmontar a cápsula e enviar o alumínio para a reciclagem comum.

Minha cidade não tem um posto de coleta de cápsulas. Quais os planos da Nespresso para ampliar as possibilidades de reciclagem?

A Nespresso trabalha com a Meta 2020, através da qual assumiu o compromisso de oferecer possibilidade de reciclagem para 100% de seus clientes até o fim de 2020. Atualmente, cerca de 80% dos consumidores Nespresso no Brasil têm acesso à reciclagem. Essa meta vale tanto para o consumidor final (pessoa física) quanto para os clientes da linha profissional.

Por enquanto, se ainda não existe um posto de coleta da Nespresso na sua região, você pode abrir a cápsula e separar a borra de café do alumínio, enviando a parte metálica para a coleta seletiva comum. Se possível, lave as cápsulas com água de reúso, já que isso facilita o trabalho de reciclagem.

A borra de café pode ser destinada como lixo orgânico ou enviada para compostagem, caso você seja adepto da prática. Ela também pode ser usada para neutralizar odores e esfoliar a pele, dentre outros usos possíveis.

Lembre-se de que o alumínio é um material com valor comercial alto e é infinitamente reciclável. Isso faz com que seja muito importante fazer o descarte correto por conta própria até que a Nespresso possa disponibilizar um posto de coleta em sua cidade.

Qual o papel do consumidor na reciclagem das cápsulas?

O consumidor tem um papel essencial na reciclagem de cápsulas - e também de outros resíduos. Tudo o que consumimos exige o uso de recursos naturais, que em muitos casos podem voltar ao ciclo produtivo por meio da reciclagem. Por outro lado, quando o consumidor não faz sua parte, esses resíduos escapam para a natureza e poluem o meio ambiente, com consequências gravíssimas.

É fundamental assumir a responsabilidades pelos resíduos do que você consome. Faça sua parte e descarte suas cápsulas Nespresso corretamente. Guarde as cápsulas e leve em um dos pontos de coleta da Nespresso - consulte o mais próximo da sua casa no site da Nespresso.

Reciclagem de cápsulas Nespresso

O cliente Nespresso Alexandre relembra que os resíduos hoje são uma fonte de renda. “A gente precisa sempre tentar dar a destinação correta para o nosso lixo. As cápsulas são muito práticas, mas esse lixo pode virar um problema. Precisamos pensar no que devemos fazer após o nosso consumo, que é dar a destinação correta. Cada um de nós precisa fazer sua parte”, finaliza.

Devolver suas cápsulas usadas para a reciclagem é uma contribuição cidadã que contribui para a economia circular e fomenta a cadeia da reciclagem, permitindo que os resíduos retornem ao ciclo produtivo na forma de matéria-prima. Por outro lado, se o lixo é descartado de modo incorreto, ele vira apenas isso: lixo, um material sem valor e que polui o meio ambiente, com graves impactos para todo o sistema de saúde e saneamento.

A Nespresso assumiu o compromisso de fazer com que seus cafés tenham um impacto positivo para o mundo. O empenho de reciclagem das cápsulas de café é apenas uma parte desses esforços, que incluem a otimização das máquinas, o incentivo à produção sustentável dos grãos de café e muito mais.

Para conhecer outras iniciativas de impacto da companhia, acesse o Relatório de Sustentabilidade da Nespresso - The Positive Cup e leia também a matéria “Nespresso: café, cápsula, máquinas e sustentabilidade?”.


Veja também:


 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Saiba onde descartar seus resíduos

Encontre postos de reciclagem e doação mais próximos de você

Localização Minha localização
Não sabe seu CEP?

Newsletter

Receba nosso conteúdo em seu e-mail